Casos registrados "Linfoma de Células T"
(Traduzidos do inglês com Altavista Babel Fish)

Filtrar por palavras-chave:



Obtendo documentos. Espere, por favor...

1/717. Resultado pobre da transplantação autóloga da pilha de haste para a leucemia/lymphoma de célula T adultos: um relatório do caso e uma revisão da literatura.

    Um número limitado de pacientes com leucemia/lymphoma de célula T adultos (ATL) que receberam a transplantação autóloga da pilha de haste (ASCT) foi relatado. Nós relatamos aqui um exemplo da infecção sistemática fatal do krusei da candida em um paciente fêmea com o ATL que submete-se a ASCT. Todos os oito pacientes (que incluem sete pacientes na literatura) com ATL que recebeu o relapse desenvolvido ASCT de ATL ou de morte devido à complicação de ASCT, independentemente do subtype ou do estado da remissão de ATL, de fonte ou de seleção de SCT ou do regime de acondicionamento. Presentemente, ASCT parece fornecer pouco benefício para ATL em contraste com aquele para outros tipos de non-Hodgkin' agressivo; lymphoma de s. ( info)

2/717. Dois casos da encefalite toxoplasmic nos pacientes com leucemia e lymphoma de célula T agudos.

    Dois casos de infecções cerebrais oportunistas nos pacientes que sofres de cancro hiv-negative devido ao immunosuppression induzido quimioterapia são relatados. Um paciente dos anos de idade 61 com lymphoma da qualidade inferior (immunocytoma como referido a classificação de Kiel) desenvolveu biópsia stereotactical a encefalite toxoplasmic provada 6 meses após a iniciação do tratamento do fludarabine. O lymphoma tinha sido diagnosticado 8 anos mais adiantado e tratado com diversos regimes diferentes. No segundo caso, um paciente dos anos de idade 55 desenvolveu sintomas neurológicos quando na remissão completa da leucemia de célula T aguda. O paciente tinha sido tratado com um regime da quimioterapia do multidrug que inclui a radioterapia do cérebro e da quimioterapia intratecal. Quando a encefalite toxoplasmic foi diagnosticada bioptically o paciente estava na quimioterapia da manutenção com methotrexate e mercaptopurine por 12 meses. O patients' as características e o resultado são relatados e a patogénese potencial é discutida. ( info)

3/717. Lymphoma maligno Intrasellar que torna-se dentro do adenoma pituitário.

    Um adenoma pituitário de célula T lymphoblastic misturado do lymphoma e da pilha do gonadotroph ocorreu 25 anos após o primeiro resection do adenoma. Dentro de 1 ano o lymphoma overgrew o adenoma, mas foi restringido ainda à região selar. Histològica, o lymphoma e os componentes do adenoma foram misturados com firmemente. Os caminhos patogenéticos possíveis para o desenvolvimento intra-adenómato do lymphoma incluem a expansão monoclonal do T cell infiltram, expressão das moléculas da adesão específicas para o endothelium do adenoma, e produção de hormonas pituitárias mitogenic. ( info)

4/717. Lymphoma de célula T preliminar do tiróide.

    FUNDO: O uso corrente da análise immunocytochemical conduziu ao reconhecimento que muitos neoplasma do tiróide diagnosticaram previamente porque as carcinomas anaplastic ou pequenas da pilha são realmente lymphomas do tiróide. A grande maioria é os lymphomas da B-pilha que podem ser associados com o Hashimoto' thyroiditis de s. Apesar disto, os lymphomas do tiróide não são reconhecidos ainda geralmente como uma parte significativa de diagnóstico do diferencial do tiróide. MÉTODOS: Um exemplo raro de um lymphoma de célula T preliminar da glândula de tiróide é apresentado junto com a história clínica geral e os resultados físicos que devem fazer o médico suspeito de um lymphoma do tiróide. A utilidade da radiologia faz a varredura e a aspiração da fino-agulha é discutida. RESULTADOS: As opções do prognóstico e do tratamento são muito diferentes para lymphomas do tiróide e a carcinoma anaplastic. CONCLUSÕES: O Cyclophosphamide/adriamycin/vincristine/da quimioterapia/radioterapia do prednisolone regimes provaram ser muito eficazes para a maioria de lymphomas do tiróide. ( info)

5/717. Resposta e neuropatologia auditivas do brainstem em um exemplo do lymphoma de célula T sistemático com metástase intracranial.

    Um macho dos anos de idade 58 com o lymphoma de célula T sistemático que envolve o brainstem excêntrica, respostas auditivas anormais de variação mostradas do brainstem (ABRs). O ABR inicial demonstrou uma latência prolongada do pico da onda de V e um IV IPL na admissão. Quatro meses mais tarde, todas as ondas eram ausentes bilateral. A examinação de Neuropathological na autópsia revelou que a maioria dos núcleos e dos intervalos associados com o sistema auditivo estiveram destruídos pela infiltração lymphoid da pilha. Sugeriu que nas fases iniciais desta doença, as pilhas lymphoid poderiam ter envolvido o brainstem mais baixo e, subseqüentemente, nos estágios avançados invadidos o colliculus inferior. ( info)

6/717. Tumor pulmonar preliminar da colisão que inclui a carcinoma de pilha squamous e o lymphoma do T-cell.

    Nós relatamos uma ocorrência muito rara de um tumor preliminar da colisão na carcinoma de pilha squamous do pulmão e no lymphoma consistindo do T-cell. Uma carcinoma de pilha squamous foi diagnosticada histològica depois de uma biópsia transbronchial do pulmão em uma mulher dos anos de idade 71, mas o outro componente foi diagnosticado histològica e immunohistochemically somente na examinação do espécime do resection. O lymphoma maligno foi manchado pelo anticorpo monoclonal UCHL-1 (anti-D45RO) de encontro aos T-linfócitos mas não manchado (anti-CD20) pelo anticorpo L26 de encontro aos B-linfócitos. Immunostaining para CD3 era positivo, confirmando uma linhagem de célula T. Apesar da quimioterapia sistemática, o paciente morreu 7 meses após a operação, da progressão do lymphoma. Nosso caso, que ilustra atributos interessantes de tumores da colisão, consistiu em uma carcinoma de pilha squamous ordinária e em um lymphoma de célula T raro que levantam-se no pulmão, com a última parte da combinação que dita o tratamento subseqüente e o resultado. ( info)

7/717. Lymphoma de célula T esofágico preliminar.

    Uma mulher dos anos de idade 60 com lymphoma de célula T esofágico preliminar no estágio clínico eu (E) B sou apresentado. A examinação de Immunohistologic mostrou pilhas do tumor para ser positiva para anti-LCA, os anticorpos anti-UCHL-1, anti-MT-1, anti-CD3, e o negativo para o anticorpo anti-L26. O desaparecimento da disfagia e a melhoria em resultados esofágicos foram anotados após 65 GY da irradiação, e os espécimes da biópsia do esófago não revelaram nenhuma malignidade. O lymphoma esofágico preliminar é extremamente raro, e este lymphoma de célula T é somente o quarto caso relatado na literatura. ( info)

8/717. Myositis e malignidade: há uma associação verdadeira?

    Pode haver uma associação entre o polymyositis/dermatomyositis e a doença maligno. O cancro ocorre nos pacientes com polymyositis/dermatomyositis com uma freqüência estimada entre 2.5% e 29% (risco relativo 1.0 6.5). Nós apresentamos dois tais casos, associados com carcinoma colorectal e non-Hodgkin' lymphoma de s respectivamente, junto com uma vista geral de estudos controlados existentes na área. ( info)

9/717. Lymphoma da pilha de assassino natural do intestino pequeno: diagnóstico immunophenotyping cytometric do fluxo do líquido do paracentesis.

    O lymphoma natural da pilha do assassino (NK) é um neoplasma deformação da linhagem putativo da pilha de NK que aparece tipicamente em posições extranodal e tem o seguinte immunophenotype: Positivo CD2, positivo CD3 negativo, cytoplasmic de CD3 de superfície, e positivo CD56. Nós relatamos um exemplo do lymphoma pequeno-intestinal da pilha de NK que foi diagnosticado original como um lymphoma de célula T enteropathy-associado baseado na parafina immunohistochemistry. Entretanto, immunophenotyping cytometric do fluxo subseqüente do líquido do paracentesis conduziu ao diagnóstico correto. Nós descrevemos o caso para ilustrar a utilidade desta técnica, que não tem sido descrita previamente em tal caso. ( info)

10/717. Lymphoma de célula T preliminar do duodeno: relatório de um caso.

    Um exemplo de non-Hodgkin' preliminar; o lymphoma de célula T de s do duodeno é apresentado. Um homem dos anos de idade 41 foi hospitalizado em 1984 queixas da distensão abdominal e em vomiting. O duodenography Hypotonic mostrou um defeito de enchimento de cerco na segunda parcela do duodeno, e um espécime da biópsia revelou as características da malignidade sugestivos de carcinoma não diferenciada ou do lymphoma maligno. A cirurgia radical (pancreaticoduodenectomy) foi executada, depois do qual quimioterapia foi administrada. Uma avaliação histológica do tumor duodenal mostrou-o para ser non-Hodgkin' lymphoma de s. Era um difuso, o tipo da grande-pilha, que o sugeriu immunohistochemically para ser da origem de célula T. Atualmente o paciente está fazendo bem, sem a evidência do retorno da doença 13 anos após a cirurgia. ( info)
(Traduzidos do inglês com Altavista Babel Fish)| Próximo ->


Deixa uma mensagem sobre 'Linfoma de Células T'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.