Casos registrados "Perda Auditiva Neurossensorial"
(Traduzidos do inglês com Altavista Babel Fish)

Filtrar por palavras-chave:



Obtendo documentos. Espere, por favor...

1/1409. perda da audição neuro-sensorial Carbamazepine-induzida.

    Carbamazepine é uma medicamentação geralmente prescrita do anticonvulsivo que afete vários níveis do sistema nervoso. Nós relatamos um exemplo da perda da audição neuro-sensorial provisória em um paciente após overdosing com 36 g do carbamazepine. Seis dias após a overdose, o paciente queixou-se da perda da audição e do tinnitus bilaterais. Os audiogramas revelaram uns 30 - à perda da audição 40-dB neuro-sensorial bilateral. Um outro audiograma 2 semanas mostrou mais tarde uma recuperação completa em ambas as orelhas acompanhadas de uma definição clínica em sintomas audiovestibular. Carbamazepine é usado para tratar apreensões parciais e generalizadas, neuralgia de trigeminal, e a doença bipolar. Os efeitos adversos não são comuns mas incluem o mais freqüentemente a vertigem, o drowziness, a náusea, e os pruridos da pele; as complicações raras são agranulocitose, bradicardia, e bloco de coração. A perda da audição documentada como um efeito secundário do carbamazepine não foi relatada, a nosso conhecimento. ( info)

2/1409. Perdas da audição mínimas, progressivas, e flutuando nas crianças. Características, identificação, e gerência.

    Referência tipos específicos de perda da audição como o " minimal" ou " mild" parece implicar que seus efeitos são ingualmente suaves ou insignificantes. Um corpo crescente da literatura, entretanto, suporta a noção que tais perdas podem ter um impacto significativo no desenvolvimento comunicativo e educacional de crianças novas. Embora OME seja considerado uma doença comum da infância, montando a evidência sugere que não seja sempre benigna e possa contribuir às dificuldades educacionais e comunicativas significativas em algumas crianças novas quando acompanhada da perda da audição condutora. SNHL mesmo bilateral e unilateral muito suave parece contribuir aos problemas nas áreas da função social e emocional, da realização educacional, e da comunicação em algumas crianças. Porque estas perdas da audição são tão suaves, não podem imediatamente ser reconhecidas como a fonte de tais dificuldades. A finalidade deste relatório é aumentar o pediatrician' geral; consciência de s do significado de perdas da audição mesmo muito suaves ou mínimas nas crianças. Como os gatekeepers para children' os cuidados médicos de s, pediatras são tipicamente os receptores preliminares de expressões parentais do interesse e dos iniciadores das avaliações ou de referências para endereçar tais. ( info)

3/1409. Família com carcinoma neuroendócrina low-grade das glândulas salivares, da perda da audição neuro-sensorial severa, e da hipoplasia do esmalte.

    Quatro sibs em uma família na ilha do homem, dos dois irmãos e das duas irmãs variando na idade de 33 a 45 anos, apresentados com os tumores malignos low-grade da glândula submandibular em três casos e das cavidades nasais e das cavidades maxillary em um. Os neoplasma eram todo o mesmo tipo histológico, aparentemente até aqui undescribed, mostrando os dutos neoplásticos bem-diferenciados, cercados por pilhas myoepithelial neoplásticas, junto com folhas das pilhas epithelial que expressam marcadores neuroendócrinos por immunohistochemistry. As metástases cervicais do nó da garganta tornaram-se em todas as quatro casos. No sib com um neoplasma sinonasal preliminar, as metástases difundidas da circulação sanguínea igualmente transformaram-se manifestas e umas únicas tal metástase em seu irmão. Todos os quatro sibs têm a hipoplasia severa do esmalte e a mesma lesão está atual em 5 de suas 11 crianças. Nos dois pacientes masculinos, a perda da audição neuro-sensorial severa tornou-se na vida adulta, unilateral na orelha esquerda em um irmão, bilateral no outro. No irmão com perda da audição neuro-sensorial bilateral, a imagem latente de ressonância magnética revelou um schwanoma vestibular no lado esquerdo, que está atualmente sob o tratamento. A perda da audição herdada é provavelmente unilateral neste caso também. ( info)

4/1409. Implantação cocleária bem sucedida em um paciente com síndrome de MELAS.

    OBJETIVO: Para descrever métodos de avaliar a candidatura cocleária do implante nos pacientes com degeneração potencial significativa do sistema nervoso periférico e central (CNS). PROJETO DO ESTUDO: Um paciente com uma doença degenerative do CNS (síndrome de MELAS) que submete-se à avaliação para a implantação cocleária é descrito. AJUSTE: Este estudo ocorreu em um centro de cuidado terciário. PACIENTE: Um paciente com encefalopatia mitochondrial, acidez láctica, e curso-como os episódios (MELAS) que tiveram a cegueira cortical e a perda da audição neuro-sensorial profunda foi avaliado e reabilitado com implantação cocleária. INTERVENÇÕES: o audiograma do Puro-tom, as respostas comportáveis à resposta auditiva elétrica do brainstem da estimulação do promontório, e as respostas eletricamente evocadas da médio-latência (MLRs) foram usados para avaliar o oitavo nervo, o brainstem auditivo, e caminhos auditivos corticais. A implantação cocleária com o mini implante 22 de Cocleário Corporaçõ foi executada. RESULTADOS: O MLRs eletricamente evocado repetível e as respostas comportáveis à estimulação do promontório documentaram a presença de respostas corticais auditivas. A implantação bem sucedida conduziu ao reconhecimento e a uma comunicação abertos de discurso do jogo usando modalidade auditiva/oral. CONCLUSÃO: Este relatório descreve a implantação bem sucedida em um paciente com síndrome de MELAS e demonstra a habilidade de confirmar preoperatively a integridade do brainstem e de caminhos auditivos corticais apesar da degeneração significativa do CNS. ( info)

5/1409. Encaixote o relatório e o exame da preservação da audição após a excisão do translabyrinthine de tumores acústicos pequenos.

    OBJETIVO: Desde 1991, três relatórios separados mostraram como a audição pode ser salvada após a excisão do translabyrinthine de tumores acústicos pequenos. Os autores submetem-se contudo um outro relatório de uma excisão completa do translabyrinthine de um tumor acústico intracanalicular de 1.4 cm com preservação modesta da audição. Uma tentativa é feita retrace as etapas da operação e reconhecer e discutir que eventos particulares podem ter protegido a viabilidade da cóclea. Com a disponibilidade da implantação cocleária, deve haver um incentivo adicionado para preservar os neurônios cocleários se as pilhas de cabelo não podem ser conservadas. PROJETO DO ESTUDO: O projeto do estudo era uma revisão retrospectiva do caso. AJUSTE: O estudo foi conduzido em um hospital da atenção primária. INTERVENÇÃO: As medidas terapêuticas e rehabilitative foram executadas. MEDIDAS PRINCIPAIS DO RESULTADO: A preservação da audição foi medida. RELATÓRIO DO CASO: Uma mulher dos anos de idade 55 apresentada com uma perda da audição esquerdo-tomada o partido e uns 1.4 cm deixaram o tumor acústico que enche completamente o canal auditivo interno (DB 30, discriminação do ponto inicial da recepção do discurso [SRT] [Pb] 28%). Uma excisão bem sucedida do translabyrinthine do tumor foi executada em novembro 1995. Um audiograma postoperative de 1 ano mostrou uma perda da audição misturada na orelha esquerda com DB de SRT 85 e Pb 0%. O ponto inicial médio do puro-tom para 500 hertz, 1 quilohertz, e 3 quilohertz era DB 50 e DB ajudado de SRT 40 com Pb 64%. A imagem latente de ressonância magnética Postoperative confirmou a excisão completa do tumor. CONCLUSÃO: Um exemplo excepcional da preservação da audição depois que a excisão do translabyrinthine de um tumor acústico pequeno ilustra como pode ser possível preservar simultaneamente pilhas e os neurônios cocleários de cabelo em determinados casos selecionados. Uma revisão dos eventos cirúrgicos mostra o valor de selar o duto cocleário com cera do osso, seletivamente removendo os nervos vestibular com o tumor pela dissecção afiada, e protegendo o segmento meatal da artéria cerebelar inferior anterior por uma incisão dural limitada. ( info)

6/1409. A perda da audição neuro-sensorial associou com os meios de otitis com efusão nas crianças.

    A perda da audição neuro-sensorial (SNHL) é sabida para ocorrer em vários tipos de meios de otitis. Embora o mecanismo por que SNHL se torna em colaboração com meios de otitis com efusão (OME) fosse desconhecido, diversas hipóteses têm sido advogadas até agora. Nós revimos os registros clínicos das crianças com meios de otitis com efusão (OME) para revelar a associação com perda da audição neuro-sensorial. O material consistiu em 71 crianças (119 orelhas) que foram diagnosticadas como tendo OME e deram audiogramas de confiança em nossa clínica durante de um período fevereiro 1997 de 11 meses a janeiro 1998. Destes casos aqueles que mostraram uma perda da condução de osso de DB 25 ou mais elevado em qualquer das freqüências de 250 a 4 quilohertz foram selecionados e considerados para ser casos de SNHL. Oito casos (9%) que tiveram o deslocamento provisório do ponto inicial (TTS) ou o deslocamento permanente do ponto inicial (Técnico Especialista de Filial) foram considerados ser relacionados etiologically a OME. O curso clínico em cada um destes casos com SNHL foi revisto e avaliado em detalhe. Nós anotamos que todas as crianças com TTS melhoraram completamente. O resultado deste estudo indica que nós temos que estar cientes de um desenvolvimento possível de SNHL durante OME. ( info)

7/1409. Participação do labirinto em Langerhans' histiocytosis da pilha.

    FUNDO: Langerhans' histiocytosis da pilha, uma condição rara causada pela proliferação de Langerhans' anormal; pilhas (' LCH cells') e um acompanhamento granulomatous infiltra, pode afetar diversos órgãos que incluem a orelha. A participação da orelha externa e média é comum com uma incidência relatada tão altamente quanto 61%. O labirinto ósseo é resistente à erosão pelo tecido de granulação, desse modo protegendo a cóclea e as estruturas vestibular. Provavelmente por este motivo, a participação da orelha interna é rara, com pouco caso relata na literatura. pacientes: Nós relatamos duas meninas, uma com bilateral e a outro com participação mastoide unilateral, em quem havia uma invasão do labirinto. A primeira menina teve ' único system' LCH que afeta somente o osso e desenvolvido uma perda da audição aguda devido à invasão da cóclea, quando a segunda teve a participação do osso e de pele e a participação do labirinto foi diagnosticado na imagem latente antes do início de sintomas do labirinto. CONCLUSÃO: A participação da orelha interna pode conduzir à surdez permanente, que pode ser impedida pela instituição adiantada do tratamento. A participação ameaçada da orelha interna exige a terapia médica sistemática urgente com os esteróides, combinados possivelmente com a quimioterapia. ( info)

8/1409. Perda da audição bilateral persistente após a colocação da derivação para a hidrocefalia. Relatório do caso.

    A perda de seguimento da diminuição transiente da audição do líquido cerebrospinal (CSF) foi relatada nos pacientes que submetem-se à punctura lombar, à anestesia espinal, ao myelography, e/ou a intervenções neurosurgical diferentes. Os autores apresentam o primeiro exemplo well-documented de um paciente com perda da audição neuro-sensorial de baixa frequência bilateral persistente após a colocação da derivação para a hidrocefalia e discutem os mecanismos pathophysiological possíveis que incluem o papel do aqueduto cocleário. Estes resultados desafiam a opinião que as diminuições da audição após a perda de CSF são sempre transientes. Os autores fornecem uma sugestão para o tratamento. ( info)

9/1409. Efeitos de reconhecer uma perda da audição em interações sociais.

    Uma parte importante do processo de assistência deve oferecer a orientação aos povos com prejuízos de audição em aceitar sua inabilidade e no ajuste às atitudes negativas prendidas por sócios de algumas comunicações. A finalidade deste estudo era determinar subjects' (1) as preferências para interagir com os indivíduos com um prejuízo de audição que reconhecesse sua perda da audição, e (2) as percepções da personalidade, do employability, da inteligência, e do ajuste relacionaram-se ao reconhecimento da perda da audição. Dois estudantes masculinos com prejuízos de audição foram gravados sob duas circunstâncias experimentais. Durante os estudantes de uma circunstância reconhecidos suas perdas da audição, falou sobre o ajuste, os interesses, etc., quando durante a outra condição não reconheceram sua perda da audição. Os resultados indicaram que os assuntos preferiram altofalantes quando discutiram sua perda da audição. Os altofalantes que reconheceram sua perda da audição igualmente receberam umas avaliações mais favoráveis na personalidade, no employability, e no ajuste. As implicações clínicas para programas de reabilitação auriculares são discutidas. ( info)

10/1409. Estudo de erythematosus de lúpus sistemático nos ossos temporais.

    Apesar de alguns relatórios da perda da audição neuro-sensorial com o erythematosus de lúpus sistemático (SLE), sua correlação patológica tem não identificado restante devido à escassez de estudos humanos do osso temporal. Nós apresentamos aqui resultados em 14 ossos temporais de 7 pacientes com o SLE, examinado histològica e immunohistochemically para condições patológicas na cóclea que pôde se relacionar a suas histórias otologic. Azul-manchando concretions foram vistos nos vascularis do stria de 6 orelhas. A maioria dos casos mostraram uma perda de pilhas espirais do gânglio, com vários graus de perda da pilha de cabelo e de atrofia dos vascularis do stria. Uma orelha demonstrou a formação de tecido fibroso e de osso durante todo a cóclea, com perda completa do labirinto membranous. Os hydrops cocleários foram encontrados em somente 1 orelha. Estes resultados nos ossos temporais dos pacientes com SLE são discutidos com relação à doença auto-imune da orelha interna. ( info)
(Traduzidos do inglês com Altavista Babel Fish)| Próximo ->


Deixa uma mensagem sobre 'Perda Auditiva Neurossensorial'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.