FAQ - Delírio
(Powered by Yahoo! Answers)

Alguém conhece a receita de cheesecake diet do Delírio Tropical?


O Delírio Tropical é um restaurante aqui do Rio de Janeiro. Lá tem uma cheesecake diet que é uma maravilha! Alguém arrisca a receita?
----------

Não conheço o restaurante mas vou te passar uma receita maravilhosa para que experimente.


Cheesecake de Ricota diet

- 500 gr de farinha de trigo
- 3 a 4 colheres (sopa) de adoçante de forno e fogão
- 100 gr de margarina light
- 01 ovo
- 01 gema
- 01 pitada de sal
- 1 colher (sobremesa) de suco de limão

Coloque a farinha de trigo em cima da mesa e abra uma cova no centro dela. Coloque nesta cova, o restante dos ingredientes e misture tudo, inclusive a farinha. Após a massa pronta, coloque-a em uma assadeira e leve-a para gelar por mais ou menos 01 hora.
Após tudo pronto, polvilhe a mesa com farinha de trigo, coloque a massa, amasse-a um pouco, estique-a com um rolo e forre as formas nas quais serão feitas as tortas de ricota. Após tudo pronto, despeje a massa de ricota (receita abaixo) e leve para assar.

Recheio

- 1 ricota (mais ou menos 600 gramas - a maior)
- 4 ou 5 colheres de adoçante de forno e fogão (prove)
- 2 colheres (sopa) de amido de milho
- 4 ovos
- Raspa da casca de 1 limão
- 1 latinha de creme de leite light
- 2 colheres (sopa) de uvas passas sem sementes (ou mais, a gosto e ao tamanho da dieta, diabéticos: só um pouco)

Bata tudo no processador (pode ser no liquidificador), menos as passas Após tudo pronto, despeje nas assadeiras já forradas com a massa e leve para assar em forno pré-aquecido.

bjs  (+ info)

Alguém sabe a receita da sopa de legumes igual a do Delírio Tropical?


Receita de Sopa de Legumes e Macarrão



Ingredientes


* • sal a gosto
* • 1 alho-poró picado
* • 1 cebola picada
* • ¼ xícara (chá) de azeite
* • 50 g de espaguete
* • 1 nabo pequeno descascado e picado
* • 1 chuchu descascado e picado
* • 2 cenouras grandes
* • 3 batatas médias
* • 2 litros de água
* • 500 g de coxão mole limpo

Preparo da Receita

Coloque a carne em água fria, numa panela de pressão. Tampe a panela e leve-a ao fogo. Cozinhe por uma hora. Ponha a carne e a água do cozimento em uma panela maior. Deixe ferver e junte as batatas, as cenouras, o chuchu e o nabo. Quebre os espaguetes em pedaços de 3 cm e coloque dentro da sopa. Tampe a panela e deixe cozinhar por vinte minutos. Cozinhe até que todos os legumes fiquem macios. À parte, refogue no óleo: cebola, alho-poró e tomate. Junte o refogado à sopa e ferva por mais 5 minutos. Retire a carne e corte-a em fatias. Coloque as fatias na sopa. Sirva bem quente. Boa sorte... Max  (+ info)

Alguém sabe a receita do feijão,do pavê de doce de leite ou da sopa de cebolhinha que tem no Delírio Tropical?


O feijão é o que vem no baby lanche.
O pavê é a sobremesa que tem cobertura de doce de leite.
Basta saber 1 e já fico agradecido!
Obrigado!!
----------

Nossa, esta sopa é tão conhecida como o delírio tropical, ou seja, completamente desconhecida.
Onde fica isto? Quem sabe ajuda o pessoal do Yahoo à responder.  (+ info)

Na esquizofrenia, qual a diferença entre mania de perseguição e delírio persecutório?


OLA!!!! Gostaria de saber qual é a diferença entre mania de perseguição e delírio persecutório.
A diferença seria porque na primeira, com o antipsicoticos, ela (a mania de perseguição) não desaparece, ou seja, é uma mania mesmo de a pessoa achar que estão a perseguindo, enganando etc., enquanto qúe no delírio, acontece o contrário? Ou seja, responde aos medicamentos? É isso?
----------

Não .

Veja bem : na mania de perseguiçao , o paciente acha que esta sendo perseguido . Nao existe , a principio , erro grave da cognicao. Exemplo : ele esta andando de carro , e um carro vermelho vem atras dele por 3 quarteiroes. Ele acha que esta sendo perseguido. É uma ideia totalmente absurda? não. A ideia de perseguicao permeia completamente o dia a dia do paciente , mas nao existe erro de interpretacao dos fatos - existe uma ideacao fixa sobre o tema.


No delirio persecutorio , ocorre DELIRIO. Veja que delirio não pressupoe erro sensorial - ou seja , não há vozes imaginarias ou visoes. No delirio , o raciocinio e logica sao profundamente atingidos. Exemplo: o paciente vê na televisao que a presidente do Suriname foi assassinada hoje . Pronto , esse é o ponto de partida para ele chegar a conclusao de que os Rosacruzes se juntaram aos Templarios numa conspiracao para mata-lo , pois ele é o filho perdido do rei da Dinamarca.

Entendeu? No delirio , o raciocinio , e logo as correlacoes de causa e efeito, sao fortemente comprometidas. Não existe sentido nenhum na ideacao do paciente, e ele em geral é refratario a argumentacao (como poderia responder? a logica nao existe no pensamento dele). Na mania , o raciocinio e logica estao de maneira geral preservados . É o tema da perseguicao , a sensacao , o "clima" , que fica recorrente na mente do paciente - um paciente me disse uma vez que é como aquelas musicas que a gente ouve e fica o dia inteiro pensando nelas. Muitas vezes o paciente aceita que sua mania é absurda , mas nao consegue livrar-se dela.


OK?  (+ info)

Qual é o seu maior delírio de consumo?


Comprar um terreno na lua.  (+ info)

O que é psicose, delírio, despersonalização e suas diferenças?


Se puder ajude com a resposta a quem tem que lhe dar com essas coisas.
----------

Olá!
Vamos por partes:
Psicose é uma doença cerebral que afeta a percepção da realidade.
Ela pode variar em nível e intensidade de acordo com a doença e evolução.
Fazem parte das psicoses quadros demenciais e quadros esquizofrênicos (e esquizofreniformes).
As principais características da psicose são as alucinações e os delirios, com conteúdos que variam muito de paciente para paciente.
O delírio, é uma idéia convicta que que algo esta ocorrendo quando na verdade não está.
Por exemplo: As pessoas que usam camisa branca na rua querem me matar.
A alucinação é a percepção real de um objeto ou pessoa que não se encontra no ambiente, mas que o paciente interage como se o objeto ou pessoa ali estivesse, podendo muitas vezes conversar normalmente com o nada como se alguém estivesse alí. Ouvir vozes, cheiros, tato, enfim, tudo que dê falsa percepção de realidade.
Na despersonalização, existe a queixa de que ele não controla seus pensamentos, que os movimentos que executa não são realizados por ele, geralmente as emoções são muito afetadas, passando mesmo a não mais existir, que seu corpo não tem mais vida, etc...
Um abraço!  (+ info)

Quem tem receitas do Restaurante Delírio Tropical?


A receita do Couscous Marroquino

Para 4 pessoas

Ingredientes

1Kg de carne de carneiro ( costeletas-pernil etc)
8 Lingüiças de carneiro
800g de frango ( coxa -peito -asas)
2 cebolas
3 cenouras
2 abobrinhas italianas
1 berinjela
4 batatas
8 tomates
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
1/2 repolho
1 chuchu
250g de uvas passas moscatel claras
4 cabeças de alho
2 ramos de hortelã
3 colheres de sopa de óleo de oliva
1 colher de sopa de sal
1 1/2 lata de grão de bico cozido
1/2 lata de extrato de tomate
2 colheres de sopa de corante de couscous ( importado)
1 colher de harissa (pimenta)
1 caixa de semolina para couscous ( Tekiak Francesa) -250g

Preparo do prato

Tempo: 1h30m

1- Frite previamente o carneiro e o frango ate dorar as carnes - depois reserve na panela.
2- Prepare os legumes - descasque as batatas , retire a pele das cenouras e corte em cubos grandes,corte as abobrinhas em rodelas grandes, retire a pele do chuchu e corte em tiras largas. corte o repolho em quatro ; retire as peles dos tomates ( água morna) ; corte a berinjela em rodelas grandes.
3- Frite o alho e as cebolas refogando os legumes mais duros primeiro por 20 minutos , junte o corante couscous e as carnes , tempere a gosto, deixe cozinhar com o acréscimo de água ate cobrir o conteúdo da panela, ferva mais 30 minutos junte a abobrinha ,chuchu e o grão de bico por ultim

Preparo da semolina do couscous

1- aqueça uma frigideira coloque 250 ml de água, com uma colher de azeite e sal, espere ferver , retire do fogo e coloque a semolina , mexa devagar ate que ela se encorpe ,por 3 minutos ,depois volte ao fogo e mexa mais uns 3 a 4 minutos para seu cozimento. ( deve ficar solta e parecida a uma farofa )
2- Sirva numa vasilha grande cercada de uvas passas moscatel ( claras),previamente embebidas em água.
3- O caldo deve ser separados das carnes junto com os legumes.
4- prepare um bom molho de pimenta harissa ( malaguetas moídas) e sirva a parte.

Como comer:

Num prato grande coloque a semolina a vontade, coloque as carnes e os legumes e regue o caldo encima,tempere com a pimenta a gosto.
No norte da África onde se come o Couscous , as belas mulheres gritam ao redor da mesa com um som estridente e alegre antes de degustar o delicioso prato

espero que goste



  (+ info)

Na esquizofrenia, qual a diferença entre mania de perseguição e delírio persecutório (perseguição)?


OLA!!!! Gostaria de saber qual é a diferença entre mania de perseguição e delírio persecutório.
A diferença seria porque na primeira, com o antipsicoticos, ela (a mania de perseguição) não desaparece, ou seja, é uma mania mesmo de a pessoa achar que estão a perseguindo, enganando etc., enquanto qúe no delírio, acontece o contrário? Ou seja, responde aos medicamentos? É isso?
----------

Tu precisas conseguir organizar os teus pensamentos e duvidas antes de querer avaliar o que esta acontecendo com as cabeças alheias...

Tua dúvida na realidade é sobre a diferença apenas entre mania e delirio.. e quando uma existe ou não sem a outra..

Gente.. tu estás com as idéias atrapalhadas mesmo..  (+ info)

Tenho uma dúvida. Podem me ajudar? O que é "delírio primário"?


Será que minha prima que tem isso? Sintomas dela: quando falam determinadas frases, ela acha que está sendo agredida ou que estão jogando indiretas para ela, quando, na verdade, as outras pessoas não têm intenção nenhuma de magoá-la. Quando ela está na dela, ela age como uma pessoa normal. Quando ela está com familiares em geral, ela sente que vão agredi-la ou falar algo que vão aborrecê-la. Outro detalhe: ela evita de passar as datas festivas com a família do marido, pois ela acha que será agredida.
O que fazer? Existe algum remédio para isso? O delírio que ela tem é primário ou é pior que isso? Outro detalhe: o pai dela, quando era vivo, tinha mania de perseguição, ouvia vozes, embora ele fosse uma pessoa maravilhosa, assim como minha prima. Ela é super carinhosa com todo mundo, mas tem medo que a machuquem.
----------

Delírio
Jaspers define o Delírio Primário ou puro com sendo um juízo patologicamente falso da realidade. Este juízo falso deve apresentar três características:

1 - deve apresentar-se como uma convicção subjetivamente irremovível e uma crença absolutamente inabalável;
2 - deve ser impenetrável e incompreensível para o indivíduo normal, bem como, impossível de sujeitar-se às influências de correções quaisquer, seja através da experiência ou da argumentação lógica e;
3 - impossibilidade de conteúdo plausível.

Todos os casos que não satisfazem essa tríade não podem ser considerados Delírios Verdadeiros ou Delírios Primários (podem ser Idéias Deliróides ou Delírios Secundários).

A prática clínica da psiquiatria deixa bem claro a constatação da primeira regra de Jaspers. Diante de um paciente delirante, cuja ruptura com a realidade é evidente, não conseguimos demover tal Conteúdo do Pensamento mediante qualquer tipo de argumentação. Caso o paciente deixe-se convencer pela argumentação da lógica, razoavelmente elaboradas pelo interlocutor, decididamente não estaremos diante de um delírio, mas sim de um engano por parte do paciente ou de uma formação deliróide. Para ser delírio a convicção dever ser sempre inabalável. A argumentação racional não deve afetar a realidade distorcida ou recriada de quem delira, independentemente da capacidade convincente e da perseverança daquele que se empenhar nesta tarefa infrutífera.

Em relação à segunda regra, Jaspers alerta sobre a impossibilidade do Delírio ser compreendido por pessoas que mantém vínculo sólido com a realidade. A lógica da realidade do delirante não é aplicável à lógica dos indivíduos normais, daí a falta de compreensão psicológica do Delírio: carece relação entre a temática delirante e os elementos da realidade, notadamente com a conjuntura vivencial do paciente. Ao postular esta regra Jaspers definia aquilo que chamamos de DELÍRIO PRIMÁRIO, ou seja, uma idéia falseada da realidade, cujas fantasias não guardam relação com a realidade vivida. Em outras palavras, esta irredutibilidade do Delírio quer dizer que não pode haver uma relação compreensível entre o tema delirante e possíveis vivência causadoras. O que se confunde, às vezes, são histórias de afastamento da realidade posteriores à traumas emocionais mas, como já dissemos, trata-se aqui de Idéias Deliróides ou DELÍRIO SECUNDÁRIO.

Nesses casos, secundários e relacionados à vivências traumáticas, o Delírio se apresenta de forma a sugerir um determinado Mecanismo de Defensa contra uma forte ameaça psíquica, normalmente angustiante, por isso falamos em DELÍRIO SECUNDÁRIO ou IDÉIA DELIRÓIDE. Aí sim, podemos interpretá-lo mediante uma análise vivencial e psicodinâmica plausíveis.

Exemplo: Um jovem de 23 anos, vítima de um acidente do trabalho que lhe custou a perda de quatro dedos da mão direita começou apresentar uma expressiva inadequação afetiva (ao invés de aborrecido, mostrava-se feliz) e com um delírio no qual julgava-se Deus, cheio de poderes, auto suficiente e ostensivamente ameaçador para com as pessoas que dele duvidavam. Resumidamente, está claro que tal ideação emancipada da realidade era por demais compreensível: tratava-se de um mecanismo de defesa psicotiforme no qual, em COMPENSAÇÃO à mutilação e deficiência o seu poder passou a ser infinito. Trata-se pois de uma Idéia Deliróide (ou um Delírio Secundário), o qual habitualmente pode fazer parte de numa Reação Psicótica Aguda.

Delírios com temática semelhante ou mesmo igual ao exemplo exposto quando surgem em pessoas sem nenhuma vivência justificadora, sem nenhuma possibilidade de redução dinâmica vivencial e impossíveis de conteúdo ou de compreensibilidade são os verdadeiros Delírios Primários. Já, a Idéia Deliróide, seria conseqüência de um estado afetivo subjacente e perfeitamente relacionável com uma vivência expressiva, por isso secundário.

A Idéia Delirante, ou Delírio, espelha uma verdadeira mutação na relação eu-mundo e se acompanha de uma mudança nas convicções e na significação da realidade. O delirante encontra-se imerso numa nova realidade de forma à desorganizar a sua própria identidade e se desorganiza pela ruptura entre o sujeito e o objeto, entre o interno e o externo, ou seja, entre o eu e o mundo.

Henri Ey trata do Delírio no capítulo reservado à Semiologia da Alienação da Pessoa e considera-o como uma modificação radical das relações do indivíduo com a realidade. Trata-se, conforme Ey, de um distúrbio que se relaciona essencialmente com a concepção do mundo, manifestando-se através de uma inversão das relações do Ego com a realidade, enfim, uma alienação do Ego.

Segundo Kraepelin, "Delírios são idéias morbidamente falseadas que não são acessíveis à correção por meio do argumento". Bleuler, por sua vez, dizia que " Idéias Delirantes são representações inexatas que se formaram não por uma causal insuficiência da lógica, mas por uma necessidade interior. Não há necessidades senão afetivas", determinava ele. Como percebemos, Kraepelin parece deter-se mais naquilo que entendemos por Delírio Primário, enquanto Bleuler já ventilava uma possibilidade do Delírio Secundário.  (+ info)

como faço para parar algum delírio?


alguma dica ? por favor !
----------

Tratamento psiquiátrico.  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'Delírio'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.