FAQ - Disautonomia Familiar
(Powered by Yahoo! Answers)

Qual é a relação entre a convivência familiar e os acidentes de trabalho?


O lar é a base sólida que da ou não o rendimento no trabalho, uma pessoa trabalha tranqüilo quando sabe que tem um lugar para voltar quando termina seu dia.

Se em seu lar as coisas começam a desmoronar, as conseqüências no trabalha, são falta de atenção, raiva, e outras situações que podem levar a um acidente.  (+ info)

Alguém tem um familiar que já tenha tido uma crise psicótica?


Me descrevam os comportamentos e o que vcs fazem para lidar com a situação
----------

Meu irmão já surtou 3 vezes quando era jovem, com sintomas característicos de bipolaridade, alternava períodos de euforia com períodos de profunda depressão.

Ficou muito agressivo, tomou remédios fortíssimos, mas não ficou internado em nenhuma clínica. A família mesmo cuidou dele, num sítio, onde fazíamos companhia para ele, tentávamos ocupar sua cabeça, controlávamos o uso dos medicamentos e aos poucos o surto passou. Hoje, passados 20 anos depois do último surto, é um homem centrado, saudável e muito amado pela família.

Acho que nesses momentos o apoio, o amor e a paciência da família é fundamental para a superação da crise, e é claro, o acompanhamento de um bom médico.

Se vc está passando por uma situação parecida, deve tentar dividir a resonsabilidade de cuidar da pessoa doente, porque é muito pesado para uma só pessoa cuidar, a impressão que dá é que acabamos doentes juntos.

Um braço!  (+ info)

Fui destituida do poder familiar de meus filhos pra outra famlia,posso recorrer para ter visitas?


Queria saber se posso entrar na justiça para ver eles.
----------

Aqui você vai precisar da ajuda de um advogado, não tem outro jeito. Em primeira estância normalmente cabe recurso, mas nem sempre. Mas seja rápida, pois existem prazos que não podem ser extrapolados, e são prazos curtos!  (+ info)

Planos de saúde em grupo é mais caro que planos individuais/familiar?


Me parece que os planos de saúde em grupo, ligados a empresas são mais barato que os planos individuais/familiar.
Para quem não está empregado existe alguma entidade que não seja empresa e que seja estipulante de um plano de saúde, igrejas, clubes, lojas maçonicas, etc. Alguém sabe?
----------

Não, normalmente os Planos de Saúde em grupo são mais baratos que os familiares e individuais, considerando coberturas iguais.

Sim, existem vários Planos de Saúde que tem acordos com entidades de classe (OAB, CREA e etc...) e também com clubes e etc... basta procurar um pouco e verificar qual é o Plano que mais se adeque as suas necessidades e disponibilidade orçamentária.  (+ info)

Quanto tempo demora para passar a dor de uma pessoa que viu um familiar morrer de câncer?


sobre câncer de pulmão
----------

a dor nunca passa, mais com tempo vai se tornando mais suave, e a tristesa da perda é substituida pela saudade e pela lembrança dos tempos maravilhosos que passamos com a pessoa que nos deixou  (+ info)

Como cuidar de um familiar com esquizofrenia?


Por favor, sejam sinceros, sem demagogia, e expliquem da forma mais simples, por favor.

É para eu poder ajudar uma pessoa da minha família.
----------

A primeira coisa a ser feita é leva-lo ao psiquiatra.O tratamento medicamentoso é fundamental. Tente convece-lo a ir. Muitas vezes o doente não admite que precisa de ajuda. Tenha paciencia.
Evite rir, zombar dos delirios do paciente. E fundamental que ele tenha confiança em seus familiares.Estimule-o a conversar, falando de algo agradavel para ele.
E o mais importante é manter um relacionamento aberto com ele.Facilita para que diga o que sente e o pensa. Ajude-o a compreender a realidade como ela é , mas sem se mostrar agressiva quando disser a sua opinião, pois pode ser pior.Conquiste a sua confiança para que ele lhe conte tudo o que o aflinge. Neste momento, seja sincera, mas não rude.
Um familiar doente, geralmente desestrutura toda a família. Procure desfocar o problema da pessoa, mas sem se mostrar indiferente. Afinal de contas, para ajudar alguém é necessario que a famila esteja saudavel. Reserve um momento só para voce, recupere a suas energias para começar um novo dia.
Te desejo boa sorte na sua caminhada e saude sempre.  (+ info)

Qual o procedimento correto para exigir do Ministério Público medicamentos pesados para o orçamento familiar?


Se uma medicação se torna muito cara no orçamento de uma família, como se faz para conseguir esse medicamento através da justiça (p/ pessoas com 55 anos).É um remédio simples e produzido no Brasil porém relativamente caro para alguém q trabalhou a vida toda e possui plano de saúde do seu estado,mas mesmo assim enfrenta dificuldades na aquisição dos remédios. Obrigada
----------

VC já procurou a farmácia do estado com medicações de alto custo?  (+ info)

Familiar com problemas psiquiatricos que simplesmente sai de casa e não da noticias, como devemos proceder?


Ele esta desaparecido, nao sabemos onde se encontra!
----------

Olá!
Este tipo de problema é muito comum.
Geralmente, o paciente com transtornos psiquiátricos tem direito a Passe Livre (passagem gratis) em muitos meios de transporte, o que pode dificultar a localização do mesmo.
Estes documentos não devem ser mantidos em poder do paciente.
Na carteira do paciente, deve haver sempre um cartão com todas as indicações de nome, endereço, telefones, para tentar facilitar o trabalho de quem o encontrar, pois muitas vezes, não sabem sequer quem são.
Passadas 24 horas do desaparecimento, os procedimentos devem ser os seguintes:
Vá até a Delegacia de Polícia mais próxima e faça o B.O. de desaparecimento da pessoa, e procure fornecer o maior numero de dados, principalmente as características pessoais únicas (numero de dentes ou ausencia dos mesmos, tatuagens, marcas de nascimento, cicatrizes, etc...) para facilitar o reconhecimento.
De posse do Boletim de Ocorrência, faça o levantamento junto aos Institutos Médicos Legais mais próximos de sua localidade, bem como Hospitais Públicos de sua região.
Entre em contato com o Serviço Público de Saúde de seu município e vizinhos - Setor Psiquiátrico, solicitando informação sobre paciente sem identificação que tenha ingressado recentemente.
Entre em contato com o Serviço Social da prefeitura de seu município e vizinhos.
Visite albergues de sua região.
Entre em contato com os Hospitais Psiquiátricos de seu Estado.
Faça o comunicado do desaparecimento junto às rádios e estações de televisão locais (eles não cobram por este serviço).
Faça cartazes e fixe nos principais pontos de sua cidade (terminais de ônibus, mercados, etc...)
Mesmo com todos estes procedimentos, o aparecimento pode não ser rápido, podendo em alguns casos até acontecer em outros estados.
Boa sorte e não desanime.
Um abraço!  (+ info)

olá! Tenho um familiar que está a tomar , alguém que tenha tomado ou tome pode partilhar efeitos?


Efeitos colaterais como queda de cabelo entre muitos outros preocupam
Peço imensa desculpa, foi um lapso da minha parte. O que ele está a tomar é Ciclosporina.
Obrigado pela chamada de atenção.
----------

  (+ info)

Além da má orientação familiar e falta de acompanhamento médico, o q faz uma criança ter compulsão p comida?


Ola! Creio que sobre este assunto a resposta é bem complexa. Pelo meu conhecimento sobre este assunto, ja que sou clinico geral, posso afirmar que o problema esta nos habitos alimentares da familia. As crianças são profundamente influenciadas pelos habitos da familia. Desta forma o melhor a se fazer tratando-se de uma criança é mudar os habitos alimentares da familia inteira; passando a utilizar mais hortalissas, frutas e legumes na alimentação, e a pratica de atividades fisicas em familia, como caminhadas junto com a criança, atividades pedagógicas como brincadeiras que estimulem a queima de gordura. Em ultimo caso, aconselharia uma "ROTINA ALIMENTAR", que não se trata de uma dieta mas sim de uma ROTINA! Consulte um indocrinologista e tenha mais informaçoes ok!  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'Disautonomia Familiar'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.