FAQ - Granuloma Periapical
(Powered by Yahoo! Answers)

tirei panoramica dos dentes hoje com laudo e num dente tenho uma rarefação óssea periapical difusa.?


Isso é grave ?? estou indo ao dentista amanhã mas ela vai fazer só um orçamento para mim.Sei que tenho que tratar isso logo mas s não for quais são os riscos.??
----------

Apenas o seu dentista, com o exame clínico pode dizer o que é. Porém, na grande maioria das vezes, essa imagem se deve a um Abscesso Periapical Crônico. SE esse for o caso, o que você deve fazer o quanto antes é tratar o canal do dente, pois se não o fizer, este pode se tornar um Abscesso Periapical Agudo, que é uma das emergências mais dolorosas e traumatizantes da Odontologia. Como o problema já tem expressão radiográfica, provavelmente você já deve ter isso a bastante tempo, e mesmo não tendo ocorrido nenhum sintoma, outros problemas mais graves podem ocorrer!

Além disso, se o problema for mesmo um Abscesso Crônico, o tratamento é um pouco demorado, mas totalmente indolor. Vá tranquila.

Siga a orientação do seu dentista e não fique postergando tratamentos por motivos (ou desculpas) financeiros, pois o corpo humano é o único bem que realmente possuímos.

Um abraço

Matheus Assunção
Cirurgião Dentista  (+ info)

tinha um dente com abscesso periapical, fui no dentista para extraí-lo,mas ele nao conseguiu removeu o absceso?


e agora como devo proceder??
----------

Vai na Imbra.  (+ info)

o que é doença periapical?


pessoal, me ajudem..tudo o que vcs soubere sobre essa doença!!!
----------

Lesão periapical acomete a área adjacente ao apice da raiz de um dente. Pode ser causada por um problema endodontico ou periodontal. Podem ser abscesso periapical, granuloma ou cisto.
O tratamento é a realização do canal ou a raspagem periodontal. Em casos que não regridem pode ser feito uma pequena cirurgia para retirar a lesão.  (+ info)

O que é uma fibose periapical?


É a cicatrização de um tratamento apical, aparece uma imagem radiolucida na radiografia, pode ser confundido com ganuloma.

DCPneto  (+ info)

Por quê o dentista solicita radiografia periapical?


Quando a pessoa tem periodontite e o dentista pede esse exame o que ele quer saber?
----------

O exame clínico para avaliar se um paciente tem periodontite consiste na sondagem com sonda milimetrada ao redor de todos os dentes. Essa sonda tem como objetivo: ver se há sangramento, se há cálculo nas raízes dos dentes e ver a profundidade da bolsa, ou seja, ver aonde está o osso em relação a gengiva. Existe um espaço normal entre a gengiva e o osso que é de 2 mm. Quando a pessoa tem periodontite, esse espaço aumenta, pois o osso foi reabsorvido, destruído, aí a sonda milimetrada vai marcar mais, por exemplo 10mm. O periodontista pede as periapicais justamente para ver o nível do osso no raio x, o tamanho das raizes dos dentes, se há envolvimento de furca (junções das raízes), se há lesão periapical (canal), etc. Aí sim ele compara os dados clínicos com os do raio x e fecha o diagnóstico, fazendo o plano de tratamento do paciente.
Obs: O raio x não pode ser panorâmico neste caso, pois distorce...  (+ info)

Abscessos, fístula, celulite alguém ai pra responder sobre o assunto?


Olá, gostaria muito de saber se abscessos periapicais podem ser agudos ou crônicos? e se um abscesso dentoalveolar é considerado como um abscesso periapical?... todo abscesso periapical envolve a polpa, e conseqüentemente há necrose pulpar? Qualquer tipo de abscesso pode vir a exteriorizar-se intra-oral ou extra-oral, certo? digamos que dente 22 há fístula e no dente 21 não há como posso saber se é abscesso periapical no caso por lesão endodôntica ou se é abscesso periodontal? qual diagnóstico do dente 22? e pode haver presença de abscesso periapical e periodontal juntos? pq? no caso poderia vir a ser uma lesão endoperiodontal que viesse a haver presença desses dois abscessos? ou isso é impossível de ocorrer?todo abscesso deve ser drenado ou é apenas o agudo ou apenas o crônico que é drenado? sempre que houver intervençao no local que há abscesso é dado antibiotico? na receita deve constar apenas antibiotico ou analgesico tbm eh associado? antibiotico é para abscesso agudo/ crônico? Bj
----------

A proporção em que a reação inflamatória progride, a lesão que era essencialmente dentária passa também para a região circunvizinha ao dente, e o exsudato vai sendo colecionado num abscesso periapical. A partir daí têm-se muitas possibilidades:

* O abscesso pode perpetuar-se lentamente frente a estímulos de baixa intensidade e se transformar numa lesão crônica como o cisto radicular.

* A lesão poderá evoluir rapidamente de maneira a perfundir os tecidos duros até as fáscias, gerando trantornos mais sérios como o abscesso subperiósteo, empiema maxilar, linfadenopatia, celulite, sepcemia e até mesmo a angina de Ludwig, que pode ser fatal se não tratada adequadamente.

Em alguns casos, em que o operador ao realizar o tratamento de canal não fizer a desinfecção gradual do mesmo. Pode ocorrer um fenômeno denominado:"flare up" ou abcesso "fênix" que consiste na agudização de um abcesso crônico. Isso não é incomum de ocorrer e provoca grande desconforto para os pacientes entre as seções endodônticas.

Abraços  (+ info)

Dúvida para os profissionais de odontologia?


minha ortodontista disse que "talvez" meu dente esteja anquilosado, ela pediu uma radiográfia panoramica, mas a radiografia panoramica que eu fiz veio com um laudo e não esclarece se meu dente está ou não anquilosado, no laudo o profissional pede uma radiográfia intra-oral com técnica de clark.
Em casa tenho uma radiográfia intra oral e essa panoramica, se eu levar para um profissional analizar as radiográfias é possivel saber se está anquilosado ou tenho que fazer essa radiográfia complementar periapical para melhor visualização da região?
Valeu!
----------

Ola! Faça outra radiografia periapical variando a angulação. Leve as radiografias que você tem, para comparação.
boa sorte!  (+ info)

Que raio x devemos tirar para Pulpite?


O de periapical completo detecta alguma coisa?
Se não, qual tipo de raio x detecta esse problema[pulpite] ?
----------

Não se pode detectar pulpite pelo RX. O exame clínico é que deve ser feito para esse tipo de diagnóstico.Alguns testes, como percussão, testes de vitalidade físicos como calor e frio, detectam a pulpite.  (+ info)

Como tirar núcleo metálico fundido?


Minha paciente tem uma prótese fixa no 12, com núcleo metáico fundido, só que na radiografia constatou que o canal não foi tratado para a cimentação do núcleo e já tem uma lesão periapical enoooooorme, fora a dor q ela tá sentindo ao mastigar. Preciso tratar o canal mas não faço idéia de como tirar o pino sem que haja fratura radicular. Ela tbm não pode fazer cirurgia pra obturação retrógrada no momento. Alguém tem alguma idéia? Vou atendê-la na faculdade amanhã... Muito obrigada!
----------

Xi, colega, essa é uma "sinuca de bico", como diz um colega meu.

Não tem muito o que fazer além dos meios convencionais que os seus professores ensinaram. Eu tentaria, inicialmente, o bom e velho saca prótese: costumo fazer retenções na parte coronária do pino, para que a ponta dele encaixe-se e assim facilitar a remoção. Vc pode, antes de iniciar os movimentos de alavanca, utilizar uma ponta de ultrassom ao redor do pino, afim de tentar "quebrar" a linha cementária, o que facilitaria a remoção (especialmente se ele não tiver uma boa adaptação: o dentista que não fez o canal devidamente ou não se importou em refazê-lo para instalar o núcleo, muito provavelmente, tb não se importou em fazer um núcleo bem adaptado... se vc der sorte...). O ultrassom ajuda especialmente se for cimento de fosfato de zinco. Se na faculdade houver um saca prótese pneumático, acho que tb é uma boa, já que a força que ele aplica é constante e vc pode calibrá-lo para que não seja demasiada. Mas se tudo isso falhar, não vai ter jeito use uma broca transmetal e perfure o pino. Faça o seu professor ficar por perto para ele não te culpar se alguma coisa acontecer. Uma dica para não perfurar a raiz neste caso é prestar atenção se a água do alta rotação que bate na raiz está saindo com vestígios de metal. Se vc ficar receiosa, vá radiografando aos poucos, mantendo a broca na posição que vc está seguindo (deixe a broca dentro da raiz para radiografar), para ter uma noção melhor se vc está ou não no caminho certo e não está desviando. Use uma broca fina, a broca que vc se sentir melhor usando. Costumo indicar aos meus alunos brocas esféricas de cabeça pequena ou médica e pescoço longo. A transmetal é a mais indicada, mas acho que para dentro do conduto radicular, ele é robusta demais e pode levar a um maior índice de erro.

Em casos assim, conversar francamente com o paciente sobre o que pode acontecer (no caso, fratura radicular ou perfuração, levando a perda do dente). Mostre o raio X a ele e explique os possíveis riscos do procedimento e o porquê vc precisa fazê-lo. Melhor ainda se vc puder fazer um termo de ciência com tudo isso por escrito, para evitar problemas caso algo aconteça. Se o seu professor for esperto, certamente vai te orientar quanto a isso. Uma dica: sempre faça tais termos no seu consultório, quando vc se formar, porque alguns pacientes aproveitam-se de situações como esta para tirar proveito do profissional...

Boa sorte amanhã e espero que dê tudo certo.

[]s  (+ info)

complementando...celulite agora... alguém disposto a responder?


A celulite é diferenciada em muitos livros de abscessos... mas que tipo de abscesso? periapical? dentoalveolar? periodontal? gengival? qual a diferença do abscesso periodontal do gengival etiologicamente e quanto a sua localização? abscesso periodontal agudo se não for tratado sempre evolui para abscesso periodontal crônico? e sempre que não é tratado o crônico vai evoluir obrigatoriamente para celulite? qual tratamento dado a celulite? e se não tratar celulite vai ser evoluido para outro tipo de lesão? que lesão é essa? Por enquanto é isso, se algum (a) dentista poder me ajudar serei muito grata mesmo, estou com muitas dúvidas para minha prova que vai vir... bom, deu pra perceber ne? hehehe beijão
----------

A proporção em que a reação inflamatória progride, a lesão que era essencialmente dentária passa também para a região circunvizinha ao dente, e o exsudato vai sendo colecionado num abscesso periapical. A partir daí têm-se muitas possibilidades:

* O abscesso pode perpetuar-se lentamente frente a estímulos de baixa intensidade e se transformar numa lesão crônica como o cisto radicular.

* A lesão poderá evoluir rapidamente de maneira a perfundir os tecidos duros até as fáscias, gerando trantornos mais sérios como o abscesso subperiósteo, empiema maxilar, linfadenopatia, celulite, sepcemia e até mesmo a angina de Ludwig, que pode ser fatal se não tratada adequadamente.

Em alguns casos, em que o operador ao realizar o tratamento de canal não fizer a desinfecção gradual do mesmo. Pode ocorrer um fenômeno denominado:"flare up" ou abcesso "fênix" que consiste na agudização de um abcesso crônico. Isso não é incomum de ocorrer e provoca grande desconforto para os pacientes entre as seções endodônticas.

Abraços  (+ info)

1  2  

Deixa uma mensagem sobre 'Granuloma Periapical'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.