FAQ - Histeria
(Powered by Yahoo! Answers)

Quem sofre de transtornos psicológicos leam esta matéria muito interessante !!!?


30/04/2008 14:47

Receio ao sair de casa, sensação de morte iminente, cada vez mais, a síndrome do pânico abala a vida e a carreira profissional de muitas pessoas.

ERIKA SILVA
GABRIELLA JORDÃO

Falta de ar, taquicardia, sensações de sufoco e medo de morrer. Em contra partida os exames médicos do estômago, pulmão e coração não mostram nenhum diagnóstico de doença. O que pensar? Qual é a explicação para todos esses sintomas? Estamos falando de um transtorno que ataca 3,5% da população brasileira, a síndrome do pânico.

A jornalista Elisa dos Santos (*), moradora de Diadema, teve diversos sintomas que a preocupavam, mas não ao ponto de procurar ajuda médica. Até que um dia teve uma crise muito forte no trânsito e largou o carro em frente ao parque do Ibirapuera, em São Paulo.

A síndrome do pânico ou transtorno do pânico é acarretada por ansiedade acima do normal, causada principalmente na fase adulta por ter havido uma crise existencial, traumas de infância, estresse, crises de relacionamento ou até mesmo por ter possuído pais ansiosos ou depressivos quando eram crianças. A faixa etária mais vulnerável é dos 20 aos 40 anos.

A psicóloga Patrícia de Gennari conta que as mulheres são mais afetadas que os homens por ter, na maioria das vezes, uma jornada dupla de trabalho ou alterações hormonais, mas ao mesmo tempo são elas que procuram o médico mais cedo, tendo assim maior chance de alcançar a cura.

“Eu tive minha primeira crise aos 14 anos de idade e só fui diagnosticada com síndrome do pânico aos 21 anos em uma das minhas idas ao pronto socorro. Eu sentia muita falta de ar, nó na garganta, taquicardia e sensação de morte. Esses episódios ocorreram durante anos e fiquei internada três vezes, como os médicos não sabiam o que eu tinha, recebi tratamento de diversas doenças como asma, pois meu pior sintoma era a falta de ar. Fui levada para o pronto socorro e, por sorte, o médico que me atendeu era residente em Psiquiatria. Foi ele que chegou mais próximo do que eu tinha, pela primeira vez em anos”, relembra Elisa.

O transtorno do pânico foi diagnosticado pela primeira vez em 1980. Freud definiu a doença como “histeria de angústia”. Hoje, ele já é analisado por psicólogos e psiquiatras como uma experiência de ansiedade levada ao extremo. Por isso é essencial tentar diferenciar uma crise de ansiedade de uma síndrome do pânico. “A pessoa com síndrome do pânico possui crises de ansiedade que a deixam num estado de extrema vulnerabilidade, perdendo a confiança em si própria”, explica a psicóloga.

Os primeiros sintomas são alterações visíveis no corpo como: taquicardia e falta de ar. Com o desenvolvimento do transtorno os sintomas vão ficando mais acionados virando uma verdadeira bola neve que, muitas vezes, se não controlada pode acabar até com suicídio. “Meu pior sintoma era a falta de ar, que sufocava a garganta. Eu chegava a desmaiar, com os lábios e unhas roxas. Tinha muito dor no peito, formigamento, e certeza de que iria morrer em uma daquelas crises” relata a jornalista.

Uma das grandes conseqüências causadas pelo transtorno é que os sintomas influem e prejudicam a vida pessoal e profissional do doente. Na época dos transtornos, Elisa deixou de realizar as coisas de sua vida gradualmente. “Como eu tinha crises durante a madrugada, eu passei a dormir no quarto dos meus pais quando não estava bem. Aos poucos deixei de dirigir, pois tinha ataques no trânsito, depois os ataques começaram dentro do transporte público, então minha mãe me levava e buscava no trabalho e assim foi indo. Parei também de sair com os amigos, pois tinha crises em lugares fechados".

Tratamentos - A psicóloga Patrícia Gennari acredita que, primeiramente, o melhor tratamento é procurar ajuda médica o quanto antes. Feito isso, dependendo do grau de desenvolvimento do paciente deve-se ter seções de psicanálise, e na maioria das vezes controle com antidepressivos. A terapia é fundamental para que a pessoa encare seus medos e volte a ter segurança para realizar suas atividades do dia-a-dia. “Por causa da ansiedade eu tenho uma insônia forte, então tomo medicamentos para isso. Mas, trabalhar o relaxamento da mente e a autoconfiança é fundamental para tentar manter o equilíbrio”, conta Elisa.

Já para o psiquiatra Cláudio Abuchaim, colaborador do Portal ABC da Saúde, a técnica quando é utilizada na combinação de medicamentos e terapia comportamental é mais eficiente, "pois é muito doloroso para o paciente tomar atitudes comportamentais baseado na exposição a situações que provocam pânico de forma gradual e progressiva. Entretanto, os pacientes se sentem melhor ao tratamento e melhoram mais depressa se simultaneamente tomarem antidepressivos". Por conta disso, segundo ele, são usados dois tipos de medicamentos benzodiazepínicos oral ou sublingual para a abordagem aguda e os antidepressivos inibidores de recaptação de serotonina (fluoxetina, paroxetina, sertralina, fluvoxamina etc). "O ínicio de ação é em média em uma s
ola alice . é um pouco conprido mesmo mas vale apena ler amada . abraços FICA COM DEUS .
----------

É isso aí.
O transtorno do pânico tem tratamento, envolvendo o uso de benzodiazepínicos e antidepressivos SSRI.  (+ info)

A gripe suína será uma pandemia?


Pandemia - epidemia que transcende as fronteiras dos países.

A gripe espanhola, que se originou nos EUA, está de volta. Só que agora é do México.

Antes que o borburinho diminua... vocês acham que teremos uma nova pandemia como no passado? Que as barreiras dos países e a halopatia conseguirão impedi-la?

Eu acho que, não. Acredito que não passa de histeria coletiva. Contudo, não se deve hesitar nos cuidados. Nem viaja para Miami ou Cancun.

Att.
----------

Tem grandes chances, tanto que o alerta da OMS deverá entrar em 5, devido a evidências de infecções européias de pessoas que não estiveram no México.
Contudo, mesmo que ocorra uma pandemia, a mesma deverá demorar poucos meses, até o surgimento de uma vacina para imunização em massa dos suscetíveis, o que interromperia a cadeia de transmissão do vírus selvagem. Contudo, como no mundo atual a viagem entre continentes decorre em questão de horas, mesmo com a duração temporal menor que da gripe espanhola, um grande número de indivíduos poderá ser infectado neste espaço e nem é possível garantir a vacinação em todos os habitantes do mundo...  (+ info)

Gripe suína, perderá o controle?


Quanto tempo demorará para conseguirem acabar com esse mal? Acham que estão dizendo a verdade sobre o número de contaminados,e de vítimas fatais no mundo? Ou estão escondendo dados reais para evitar uma histeria geral?
----------

logo logo some.
pior que isso e a fome do mundo, esse sim eh o grande virus que tem que ser combatido.
abs  (+ info)

Qual é o meu problema (caso clinico)?


Cada vaz q acontece 1 merda eu me estressom e qbro eletrodomesticos, moveis etc.. é histeria? borderline? psicose??? hj qbrei estraçalhei meu ventilador na parede meus dedos estao cortados...
----------

O que acontece é bastante simples: imagine-se como uma casa.
Isso mesmo! Uma casa!
Você é uma casa.

Dentro dessa casa existe uma lareira.
Esta lareira está constantemente acesa e, portanto, ela gera calor e fumaça.

Se você fecha todas as janelas, portas e a chaminé, a fumaça e o calor vão ficar dentro da casa, poluindo os móveis, sujando as paredes e o calor vai descascar a pintura, enfim, vai fazer um estrago interno danado.

Quando esse calor e essa fumaça encontram uma fresta, uma saída qualquer, eles saem por ali com força, pois estão muitíssimo comprimidos.

É a mesma coisa que acontece com você.

Você está se reprimindo muito, mas muito mesmo. Você está carregando, decerto por longa data, uma série de frustrações, recalques e, principalmente, DESEJOS INSATISFEITOS!

Se você não dá vazão a essas necessidades, elas vão se acumulando dentro de você e, quando acontecer alguma nova frustração, sua raiva será canalizada e explodirá em alguma atitude do lado de fora. Isso porque eu nem citei o que está estragando dentro de você e prejudicando sua saúde física!

Pode ver com TODA certeza que você está carregando troncentas toneladas de frustração pois seus desejos e vontades não estão sendo realizados.
Alguém, ou alguma coisa, provavelmente você mesma, está te impedindo de fazer, dizer ou mesmo PENSAR nas coisas que quer fazer... E não faz!

Daí, é inevitável que esse seu impedimento de obter PRAZER e SATISFAÇÃO se manifestem numa explosão de raiva contra um objeto qualquer, uma pessoa ou, em casos extremos, em si mesma.

O que você precisa fazer é simples: auto-análise.
Você precisa se conhecer mais, se ACEITAR mais e, principalmente, ir buscar as causas de sua frustração.

Porque quando você explode e se fere nesse processo, então provavelmente a sua maior bronca é consigo mesma.
Você está se PUNINDO por não dar vazão aos sentimentos e desejos que estão guardados dentro de seu peito.

Apenas se lembre que se você continuar se reprimindo, essa situação pode se agravar e desenvolver um quadro depressivo grave, com consequências bastante sérias.

Lhe recomendo, primeiro, fazer meditação, conversar com pessoas mais velhas e mais experientes, relaxar e, se for o caso, procurar ajuda profissional na forma de um analista.

Você não é louca, nem histérica e nem psicótica.

Você é só uma mulher que não está sabendo se entender.

Entenda-se e aceite-se. Assim começa sua mudança.

Felicidades!  (+ info)

Será que é Síndrome de Borderline?


Meu namorado, tem surtos de raiva, desaparece e vem com desculpas que pra ele são convenientes, tem amigos que não são bons amigos e teima que são todos ótimas pessoas, e quando vamos falar com ele e tentar lhe impor alguns limites ele fica totalmente enfurecido com todos, nunca está contente com nada, já teve problemas graves com drogas e não fica sem bebida alcoólica, não está satisfeito com a faculdade nem com o trabalho e vive dizendo que quer sumir, diz que ama a família e a mim mas é conosco que tem essas crises de raiva e histeria, e sempre acaba nos xingando e humilhando e quando bebe fica ainda mais raivoso, só que depois ele se arrepende e pede perdão pelo que fez e disse, ficando muito triste e deprimido. De resto está sempre estressado e querendo briga. Li a respeito dessa doença mas gostaria de saber de quem teve a doença ou quem conhece sobre o assunto, porque quando o mandamos ao psiquiatra ele não permite que entremos com ele e simplesmente não fala nada ao médico.
----------

BODERLINE é um transtorno de personalidade.

No caso que está citando, sinceramente não me parece que seja este tipo de doença que tenha seu namorado.

Que ele está com dificuldades psicossomáticas está claro.
Por isto eu acho desnecessário saber nome de doenças, pois para encontrar a causa isto não tem qualquer influência.
Médicos não lidam com isto, os psiquiatras apenas tentam controlar doenças, não curam e não dizem que curam, nem poderiam...
De similar modo, psicólogos só podem ajudar na área comportamental, pois também não possuem tecnologia de cura, mas com certeza podem amenizar ao ponto da pessoa pensar estar curada, e não ter mais os sintomas, que podem retornar oportunamente ou simplesmente estar controlada, melhor do que com medicamentos.

Creio que o maior problema no momento é o uso de ácool ou drogas.
Estas pessoas normalmente abandonam tudo o que estão fazendo, seja estudos ou trabalho. Começam uma decadência, que se não lidar com isto, será mesmo triste... (e muito provável ainda usa drogas).
O quadro de falta de controle e enfurecimento é tipico destes casos.
E sempre há crítica para quem desejar ajudar, que a pessoa não está sendo compreendida etc...

E junto com este quadro de dependências, por certo existe doença psicossomática que atrapalha mais ainda.

Ele deveria procurar o CCV ou diretamente o AA, mas convencer estas pessoas é que não é fácil, há que IMPOR alguns limites de ação dele, assim, quem sabe se toque que está precisando ajuda.

Se a família tem condições financeiras, eu indicaria a NARCONON, já tem no Brasil, perto de S. Paulo, mas já em Minhas Gerais, estes sim, são especialistas em qualquer dependência e a pessoa não sente a 'síndrome de abstinência', quer seja de álcool ou drogas.
Então é feita a desintoxicação física e ajuda mental com processos funcionais, aliás, com os melhores índices de cura do mundo.

Busque ao menos contato de informação na fonte abaixo:  (+ info)

Coca Cola....??? sera que e verdade?


E verdade que coca cola em excesso pode deixar mulher histeria???? Dizem que quando ela está grávida pode causar aborto. É verdade também????
----------

oi td bem .? bom estou gravida de 4 meses e a minha medica pediu pra cortar a cafeina por calsa que nâo era muito bom pros ossos do bb,e tâo bem ajudar depois que o bb nasce nâo ter tanta colica,agora isso eu creio que seja mas um mito.!!!!!!!!!!!!!  (+ info)

É normal mulher gozar esguicho?


Bom, pessoal eu gostaria de saber se é normal, eu li muitas coisas sobre, e isso acontece comigo raramente, quando eu sinto muito tesão e estou por cima, eu gozo esquicho, isso mesmo, chega a molhar a cama.
ACHEI ISSO NA WIKIIPÉDIA....

A ejaculação feminina é caracterizada pela excreção de líquidos pela uretra durante o orgasmo. Esse líquido é claro, às vezes viscoso, ralo e geralmente inodoro, varia de 15 a 200 ml e é expelido em jatos. É produzido pelas glândulas parauretrais. Nem todas as mulheres ejaculam e, mesmo as que o fazem, não ejaculam sempre, sendo que essa diferença se dá na intensidade da estimulação recebida e na quantidade de líquido produzidos pelas parauretrais, que não é o mesmo sempre. Os cientistas afirmam que a ejaculação feminina está diretamente relacionada à estimulação do Ponto G e à estimulação ritmada do clitóris, havendo também relação com orgamos múltiplos.

Embora até hoje ainda ser tida como lenda ou mito, a ejaculação feminina é um fato observado em laboratório e descrito há muitos séculos por Aristóteles, que acreditava que o líquido expelido era importante na fecundação. No século XVII, Regnier de Graaf associou a ejaculação feminina a glândulas presentes ao longo da uretra, que em 1880 foram observadas por Alexander Skene, levando então o seu nome. No início do século XX, o meio científico defendeu que a ejaculação feminina seria um sintoma de histeria, somatizado na forma de incontinência urinária, o que mais tarde (nos anos 80) se provou que não era verdade. Pela análise química do líquido expelido, mostrou-se que este nada tinha a ver com a urina, e sim assemelhando-se ao líquido expelido pela próstata masculina. Algumas mulheres de hoje ainda acham que urinam ao ejacular, já que a sensação que antecede a ejaculação é muito semelhante à vontade de urinar. Porém a anatomia também comprova que isso é impossível, uma vez que o músculo pubococcígeo, que se contrai na hora do orgasmo, também é responsável pela contenção urinária. Dessa forma, não há como haver orgasmo com urina.

O líqüido ejaculado também não tem relação com a lubrificação vaginal, uma vez que a lubrificação é feita antes do orgasmo e é produzida pelas glândulas de Bartholin, enquanto a ejaculação acontece no clímax do ato sexual e seu líquido é liberado através do canal da uretra.

Cada vez mais o cinema pornô utiliza esse fetiche de mostrar mulheres ejaculando. São séries e mais séries de filmes que mostram mulheres em seu prazer extremo. Existe também vários sites especilizados no gênero.

É importante salientar que há controvérsias na comunidade científica sobre o assunto. Muitos cientistas respeitados são taxativos ao afirmar que tudo não passa de um mito.

E AGORA, ALGUEM ME RESPONDA...
----------

Acho isso um absurdo, pois geralmente é o homem que tem esse tipo de ejaculação. Pode ser algum efeito hormonal e particularmente eu não queria ter isso.  (+ info)

ATENÇÃO GRÁVIDAS LEIAM...?


A vacina h1n1 tem provocado algumas alterações em exames laboratoriais,tem dado um resultado falso positivo em vários testes inclusive o de HIV portanto não se desespere e nem aceite um primeiro parecer como verdadeiro. não estão divulgando para não causar histeria na população.se vc está grávida fique atenta ao parecer médico e não inicie nenhum tratamento se uma segunda avaliação de preferência de outro laboratório.exames de sangue e de urina também são afetados
----------

Realmente isso pode acontecer.

Essa possibilidade está relatada para as vacinas do laboratorio Glaxo Smith Kline (GSK) e do laboratorio Novartis.

A vacina contra H1N1 fabricada pelo laboratorio Glaxo Smith Kline (GSK) é a Pandemrix.

Se tiver que realizar uma análise ao sangue para pesquisar sinais de infecção por certos vírus.Nas primeiras semanas após a vacinação com Pandemrix, os resultados destas análises podem não ser corretos. Informe o médico que tiver mandado fazer estas análises que foi vacinado(a) recentemente com Pandemrix.

A vacina contra H1N1 fabricada pelo laboratorio Novartis é a Focetria

Se tiver que realizar uma análise ao sangue para pesquisar sinais de infecção por certos vírus. Nas primeiras semanas após a vacinação com Focetria, os resultados destas análises podem não ser corretos. Informe o médico que tiver mandado fazer estas análises de que foi vacinado/a recentemente com Focetria.

Bom final de semana.  (+ info)

Tenho sindrome do panico e fui mal tratada pelo medico, devo processa-lo?


Fui a 1ª consulta encaminhada por um cardiologista para o psiquiatra. Passei 4 meses ou mais sem sair de casa, no dia da consulta estava fazendo, se estivesse vivo, 14 anos meu 1º filho, já estava muito abalada por causa da morte e outros problemas referente a sindrome, ao chegar lá pense em uma confusão ele nao quis me atender dizendo que era frescura e histeria. Me mandou para o pronto socorro, mas como disse ja havia passado pelo cardiologista. O idiota nao quis nem ler meus documentos e ouvir minhas razoes para tanto nervosismo. Estou cansada de ser mal tratada, para descobrir este diagnostico passei por varios médicos e só depois de tambem ser taxada de louca e que descobriram a verdade. Processo ou nao processo, me deem uma luz!
----------

Vou ser sincera...

Só quem tem Sindrome do PAnico que sabe que nao é frescura,histeria nada....
É pessimo ter falta de ar ou alucinações decorrentes a doença....
Acho que por ter sido tratada mal sua situação deve ter piorado,pq se eu estivesse no seu lugar tbm ia piorar...mas sorte minha que eu tenho uma pessoa proxima que me ajudou a passar por essa "doença"...

Acho que se vc processá-lo só ira te trazer mais dor que cabeça e piorar seu estado....Mude de medico..esqueça o que aconteceu...É dificil é...mto mais por vc estar nessas condições...Tbm passei por mtas pessoas que eu amava e me "rejeitou" dizendo qeu eu queria chamar atenção...O melhor que eu fiz foi NEM DAR CONVERSA...

Nao processe...qm vai piorar é vc...
Tente melhorar...com os remedios,com ajuda de qm te ama,psiquiatras e psicologos...
Tente melhorar...se eu consegui vc tbm consegue...

Boa sorte....melhoras...bjs...otimo 2007  (+ info)

1  2  

Deixa uma mensagem sobre 'Histeria'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.