FAQ - Nistagmo Patológico
(Powered by Yahoo! Answers)

Vestibulopatia Periferica acompanhado de nistagmo na posição Brandt dorft direito?


tenho Labirintite, e faço musculação moderada, será que isso pode causar a não melhora no quadro vertiginoso?
será que devo parar ou continuar de fazer a musculação?
----------

HEINN ????????????????  (+ info)

Olá, alguém pode me responder sobre nistagmo neurológico?


Olá Algum médico oftalmologista ou você que teve ou tem nistagmo pode me dizer como é feita a cirurgia, em quais casos podem ser feita e qual outro tipo de tratamento? O que é nistagmo neurológico?Bjs e boa semana.
----------

Sibela, vc deve procurar um oftalmologista em algum hospital escola, como o nistagmo não é tão simples de tratar, poucos médicos tem condições de tratá-lo, tente um profissional referenciado pela Escola Paulista de Medicina ou HC, com certeza vc poderá obter informações mais precisas.
Busque tb informação no CBO e / ou SBO, são sociedades / conselho brasileiro de oftalmologia.
Procure um neuro oftalmo, eu conheço um em São Paulo.

mais duvidas...me manda mail  (+ info)

Perdi meu bebê e após a cureta fiz o exame anátomo patológico e o resultado diz.?


Macroscopia - Dois fragmentos irregulares de tecido com consistência firme e coloração castanho vinhos.
Microscopia - Cortes histológicos mostram vilosidade imaturas recoberts por céluas sinciciais,junto a endométrio secretor com reação decicual do estroma que apresenta áreas de necrose,congestão vascular,areas de hemorragia e de exsudação neutrofilica.
Me ajudem meu médico pelo sus vai demorar ainda...
----------

nossssssssssaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!! é melhor vasculhar no gugoll conhecido saite de vasculhadas gerais e no particular.  (+ info)

Tenho problema em organizar minhas idéias, isso é patológico?


JAMAIS uma questão MENTAL foi ou será patológica!
Questões mentais são da mente, são abstratas, não são físicas!

Parece existir médicos que até hoje não sabem diferenciar problemas cerebrais de problemas mentais, isto é mesmo incrível, e ainda posam de 'sábios'.
E aí, não sabendo lidar, só apelam para dopar as pessoas!

Existem muitas causas para distúrbios de pensamento, de idéias, de raciocínio.
E todas estas causas são mentais! (Evidente que um cérebro danificado não dará condições à pessoa, à alma, de acessar sua memória, aí é um dano físico impedindo o uso normal da mente humana - e neste caso, isto está descartado).

Uma pessoa em uso de drogas psiquiátricas (drogas lícitas) ou drogas ilícitas também terá problemas de organização de idéias, só para citar um exemplo. Como um bêbado terá condições de organizar idéias?
Em termos de comportamento também existe várias causas para tais distúrbios, mas de fato, a grande maioria é de causa mental.
E em qualquer situação, chutar ou prever não leva a nada, muito menos rotular doenças sem saber de fato qual é a causa. E a causa pode ser detectada e resolvida em Terapia que entenda da Mente Humana (e que aliás, são bem poucas...).
Dizer que doenças da mente possam ser patológicas é mesmo um absurdo materialismo.  (+ info)

Na arritmia cardíaca ocorre alteração da freqüência cardíaca de modo patológico ao longo do tempo?


Quando digo isto me refiro se o individuo apresenta ora bradicardia ora taquicardia sem nenhum quadro fisiológico que o justifique.
----------

è isso ai!!
O individuo pode ter arritmia até dormindo.
E a arritmia já é isso, ora devagar demais, daqui a pouco a mil.
A arritmia cardíaca (batimentos do coração fora do ritmo normal) é um problema de saúde que atinge pacientes de qualquer idade, podendo causar palpitações ("batedeira"), dor no peito e falta de ar, limitando as atividades cotidianas. Algumas arritmias podem causar a morte instantânea inesperada. Em mais de 90% das mortes cardíacas o evento final é uma arritmia.
Apesar da ocorrência ser mais comum em pacientes com alterações cardíacas, vale lembrar que alguns fatores podem desencadear a arritmia e, por isso, devem ser evitados, como café, cigarros e inalantes. Além disso, o tratamento adequado da pressão alta e do colesterol, diminuindo as doenças cardíacas, também reduz a ocorrência de arritmia. A atividade física também tem papel preventivo, porém, em qualquer idade, só devem ser iniciadas após uma avaliação cardiológica. Algumas arritmias podem ser curadas através da ablação por cateter (tubos). O procedimento, que tem baixíssimas chances de complicações, é realizado em sala de hemodinâmica (cateterismo) e possibilita a cura definitiva do problema, sem a necessidade de tratamento com medicação.

Vale lembrar que problemas de tireoide tb podem trazer uma arritmia.
Mas vc mencionou sem nenhum quadro fisiológico que justifique, e isso ocorre sim.
o medo, a dor, pessoas mais sensíveis ao "stress" emocional podem desencadear ou aumentar o distúrbio do ritmo cardíaco.

pra entender melhor:
Os batimentos cardíacos são normalmente originados em um foco localizado na aurícula direita, denominado nódulo sinusal. Os estímulos elétricos lá gerados descem até um nódulo localizado na junção das aurículas com os ventrículos. Lá a condução do estímulo sofre um pequeno retardo (para dar tempo que as aurículas se contraiam antes dos ventrículos). De lá o estímulo segue para os ventrículos, através de um sistema condutor que tem dois feixes, um para cada ventrículo, provocando a sua contração, que é denominada sístole. O período de tempo em que o coração não está em contração denomina-se diástole e é o período de repouso do músculo cardíaco.

Os estímulos cardíacos normais são produzidos no nódulo sinusal localizado na aurícula direita e desencadeiam as contrações, batidas, do coração, denominadas de sístoles. Quando esse nódulo não está ativo, por doença, por exemplo, muitas outras células do coração, localizadas em suas diferentes partes, podem originar estímulos elétricos capazes de desencadear as batidas cardíacas. Esses batimentos originados nessas outras células são denominados de extra-sístoles, que podem ocorrer mesmo estando o nódulo sinusal ativo. As extra-sístoles produzem arritmias que nem sempre são percebidas pelos acometidos.

Podemos ter extra-sístoles originadas nas aurículas, nos ventrículos, bem como nos nódulos sinusal e atrio-ventricular, que podem superar e dominar os estímulos normalmente lá gerados. As extra-sístoles costumam ser seguidas de um período de repouso (diástole) mais prolongado. As extra-sístoles podem ser unifocais ou multifocais, dependendo do lugar onde são geradas.

As extra-sístoles nem sempre são indicadoras de doença do coração, porém, se forem percebidas, é conveniente que um cardiologista seja consultado.

Quando uma extra-sístole segue a cada batimento cardíaco normal, falamos de geminismo, quando segue a cada duas sístoles normais temos o bigeminismo, a cada três batimentos normais, trigeminismo, e assim por diante.

Fibrilação

Existe a auricular e a ventricular, dependendo de onde se originam os batimentos. A fibrilação auricular é a arritmia crônica mais encontrada. Na auricular os estímulos lá originados têm uma freqüência de até 600 batimentos por minuto. Desses estímulos somente alguns chegam a provocar contrações dos ventrículos, pois uma freqüência tão elevada não seria compatível com a sobrevida das pessoas acometidas. Já a fibrilação ventricular é mais grave por só ser tolerada se for de curta duração. O tratamento é medicamentoso ou por cardioversão.

Flutter auricular

É uma arritmia em que em um foco ectópico das aurículas se origina de 250 a 350 estímulos por minuto, e em que de cada dois ou três, ou quatro estímulos um passa aos ventrículos. O tratamento é medicamentoso ou por cardioversão.

Parada cardíaca

É quando o coração pára de se contrair. Se a parada for de curta duração pode não ser percebida; se for de maior duração pode provocar tonturas, sincope e até morte súbita. Quando o coração pára de bater por alguns minutos, desencadeiam-se alterações nos órgãos mais sensíveis à falta de oxigênio. Desses o mais sensível é o sistema nervoso. Assim pode o coração voltar à atividade, espontaneamente ou por medidas médicas. Contudo, as alterações neurológicas já estabelecidas serão irreversíveis.

Palpitações

Denominam-se os batimentos cardíacos que são sentidos pelas pessoas. Normalmente, não se percebem os batimentos. Em certas situações de tensão ou de esforço, podemos sentí-las, o que não significa necessariamente a existência de uma doença.

Do mesmo modo, as extra-sístoles também podem ser notadas ou não pelas pessoas que as apresentam.

Que a paz de Deus esteja com todos  (+ info)

Gostaria de saber se existe uma cirurgia comprovada que corrija o nistagmo de um jovem de 21 anos de idade.?


Ele possui alto grau de miopia.
----------

Oi!! Esta doença não é muito conhecida. Cirurgia existe, eles mexem nos músculos extraoculares. Pode também ser corrigida por óculos com prismas, ou lentes de contato. Dá uma olhada neste site que tem informações sobre esta doença. bjus http://www.cbo.com.br/cbo/sociedades/cbe/artigos/cmtrato2.htm  (+ info)

Explicar o diagnóstico de exame patológico a seguir:


MAMA ESQUERDA E DIREITA : CONDIÇÃO FIBROCÍSTICA DA MAMA, NÃO PROLIFERATIVA COM HIPERPLASIA DE CÉLULAS COLUNARES.
----------

Alterações BENIGNAS das mamas. Controle anual se possível com ultrassonografia mamária e acompanhamento do mastologista.  (+ info)

Gostaria de saber mais a respeito do ciúme patológico nos relacionamentos.?


Preciso de indicações de artigos, livros ou qualquer outra fonte que fale a respeito dessa patologia que tanto prejudica a vida do portador desse sentimento.
----------

O ciúme deixa de ser aceitável e se torna patológico quando existe a idéia de posse", "Neste tipo de relação predomina a submissão e subjugação dos desejos do outro",.

O escritor Ubiratan Rosa, autor do livro Mais Amor, Menos Ciúme, explica que o ciúme pode ser considerado um impulso egoístico, muitas vezes baseado em indícios imaginários, podendo chegar a uma intensidade capaz de conduzir crimes passionais.
Eu recomendo e vai atender com precisão o que voce procura  (+ info)

Existe nome patológico/científico para o indivíduo que amadureceu MENTALMENTE, porém não emocionalmente?


Adolescência.  (+ info)

nistagmo existe cirurgia para corrigir a visão?


Não, amigo!!!
O Nistagmo é, via de regra, um siontoma de um outro problema, então o tratamento, quando possível deve ser dado á causa e não ao efeito!  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'Nistagmo Patológico'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.