FAQ - aneurisma intracraniano
(Powered by Yahoo! Answers)

Como faço p\ fazer um trabalho sobre aneurisma Intracraniano?


Doenças do célebro
----------

TO Aneurisma intracraniano geralmente se origina em conseqüência de uma debilidade congênita da túnica média na bifurcação de duas artérias cerebrais que podem ser originalmente congênitas. Porém pode desenvolver-se sobre uma base deficiente congênita. Há dúvidas no sentido de que a hipertensão arterial seja responsável pelo surgimento do aneurisma cerebral, porém é indiscutivelmente a hipertensão arterial a responsável pelo seu rompimento.



Os aneurismas congênitos podem ser únicos ou múltiplos, encontrando-se com maior freqüência em localização intracraniana da artéria carótida interna, ou na cerebral média, ou ainda na união da artéria cerebral anterior com a comunicante anterior. São de tamanhos variáveis, com diâmetro menor do que o da cabeça de um alfinete: 30 mm ou mais. Podem encontrar-se em qualquer idade. Em alguns casos se rompem na infância, porém, em mais de 50% dos casos, os sintomas aparecem entre 40 e 65 anos, sendo a mulher mais acometida do que o homem. Mas raramente podemos encontrar aneurisma intracerebral micótico devido a uma enfermidade da parede da artéria que envolve um embolo infectado que chega ao cérebro, proveniente de uma endocardite infecciosa subaguda. Este aneurisma micótico também pode originar uma hemorragia subaracnóidea. Embora menos freqüentemente, o angioma cerebral também origina uma hemorragia subaracnóidea.



Qualquer que seja a etiologia da hemorragia subaracnóidea, o sangramento se difunde pelo espaço subaracnóide da meninge, desde o ponto de ruptura até o referido espaço subaracnóide.



A hemorragia pode também invadir o cérebro, em particular o lobo frontal, sobretudo nas rupturas dos aneurismas que se localizam na união da artéria cerebral anterior com a arteira comunicante anterior.



Um aneurisma cerebral pode sangrar simultaneamente para o interior do cérebro e para o espaço subaracnóide. Entre as causas raras de hemorragia maciça subaracnóidea deve citar-se as enfermidades hemorrágicas e o angioma medular. Em uma pequena proporção de casos, não é possível descobrir a origem de uma hemorragia subaracnóidea



SINTOMAS



O começo de uma hemorragia subaracnóidea originada pela ruptura de um aneurisma intra craniano geralmente é súbito e sem aviso prévio. Porém, em alguns casos, há sinais focais originados pelo aneurisma antes da sua ruptura, como a história prévia de cefaléias.



A hemorragia subaracnóidea pode originar um coma súbito que pode levar à morte em poucas horas, ou originar cefaléia de pouca intensidade, que não interfere na vida normal do paciente



A intensidade de coma é medida pela escala de coma de Glasgow.



Abertura dos olhos: Espontânea 4

Após estímulo verbal 3

Após estímulo doloroso 2

Ausente 1



Reação Verbal Orientado 5

Confuso 4

Algumas palavras 3

Sons inarticulados 2

Ausente 1



Resposta motora Obedece ordens 6

Reação a estímulos dolorosos 5

Mecanismo de flexão 4

Reações atípicas de flexão 3

Mecanismo de extensão 2

Resposta ausente 1





Número Maximo de pontos: 15

Número mínimo de pontos: 03





Geralmente precedidos por vômitos. O coma aparece bruscamente se houver hemorragia importante. Nos casos menos graves, o paciente não perde totalmente a consciência, permanecendo em um estado de torpor, em flexão generalizada, confusão mental e irritabilidade. A cefaléia é intensa, devido à presença de sangue no espaço subaracnóide produzindo sinais de irritação meningea: rigidez de nuca , sinal de Kerning, às vezes febre.



Para identificar a gravidade da hemorragia subaracnóidea usamos a escala de Hunt e Hess:



Escala de Hunt e Hess:



I. Assintomática ou cefaléia leve e mínima rigidez da nuca;

II. Cefaléia moderada a grave, rigidez da nuca, sem déficits
neurológicos focais;

III. Sonolência, confusão e déficit neurológico focal mínimo;

IV. Estupor, hemiparesia moderada a grave, com possíveis reações
de descerebração e perturbações neurovegetativas;

V. Coma profundo, rigidez de descerebração, aspecto moribundo.



Em alguns casos, encontra-se lesões de fundo de olho, como pequeno papiloedema ou hemorragias uni ou bilaterais na retina, no vítreo ou na região hialina. As alterações de fundo de olho são mais fáceis de identificar quando a hemorragia subaracnóidea se localiza nos contornos dos nervo ótico.



A abolição ou diminuição dos reflexos tendinosos ou abdominais, assim como a presença do reflexo plantar e extensão são sinais que podem indicar hemorragia subaracnóidea. Os sintomas focais se devem à compressão que sofrem os nervos cranianos por um coágulo ou pela invasão da hemorragia no hemisfério cerebral, surgindo no final uma hemiplegia cruzada e um coma de instauração progressiva .



A hemorragia subaracnóidea que se origina na fossa posterior é a causa de uma rigidez de nuca desproporcional ao resto da sintomatologia, e sinais focais cerebelosos ou das paralisias dos nervos bulbares ou das protuberâncias.





DIAGNÓSTICO



Uma vez feito o diagnóstico da hemorragia subaracnóidea, deve-se puncionar o paciente na região lombar ou ventricular, a fim de confirmar-se o mesmo.



O líquido cefaloraquidiano será hemorrágico, tendo algumas características: no início será hipertenso. Durante os primeiros três dias haverá hemácias no líquido cefaloraquidiano em quantidade suficiente para se depositarem no fundo do tubo de ensaio, e o líquido sobrenadante será amarelado ( xantocrômico) por três semanas. As proteínas estão elevadas em torno de três semanas.



As indicações para punção lombar são:



· Para obter líquido cefaloraquidiano com a finalidade de exame laboratorial e para determinar a sua pressão;



· Para diminuir a pressão intracraniana, extraindo substâncias tóxicas, germes, ou outras substâncias irritativas contidas no líquido cefaloraquidiano, nas distintas formas de meningite, encefalite e hemorragia subaracnóidea;





· Para introduzir no espaço subaracnóide substâncias terapêuticas ou anestésicas locais;



· Para introduzir uma substância opaca para estudo radiológico como, por exemplo, mielografia.  (+ info)

Efeitos do sedativo depois de uma cirurgia para correção de um Aneurisma?


Meu namorado tem 20 anos e teve um aneurisma Roto, passou por uma cirurgia, ele ficou 04 dias totalmente sedado e há 04 dias ele já está sem sedativo algum ,mas ainda está um pouco sonolento, está consciente mas as vezes diz algumas coisas que não tem nada haver e estou um pouco preocupada!Gostaria de saber se é normal devido a tantos dias sedado, ou se é alguma sequela??
----------

Não é possivel dizer ainda. Mas é provavelmente em decorrencia da cirurgia , e não da sedação. Voce não abre o cerebro de alguem , conserta uma malformaçaõ lá dentro e sai como se nada tivesse acontecido.  (+ info)

Sempre há possibilidade de nova ocorrência de aneurisma cerebral após a ruptura de um? Como prevenir?


Existe possibilidade de uma pessoa que teve ruptura de aneurisma cerebral de levar uma vida normal? Conheço uma pessoa que teve aneurisma e não teve sequelas. É comum pensar que esta pessoa está condenada a uma nova ocorrência, mas é sempre assim? A ruptura pode ocorrer em outro ponto do cérebro? Como prevenir e evitar a ocorrência, quais os novos hábitos??
Obrigada!
----------

Ao contrário, é possível que nunca mais tenha
aneurisma é um defeito de nascença de uma artéria
quando ocorre um aneurisma cerebral realiza-se tomografia e/ou ressonancia magnética para se identificar a localização
se a pessoa tem mais de um aparece no exame e já são feita medidas para operá-lo, (se possível)
em geral só se tem um
tendo o aneurisma e nunca tendo conhecimento dele pessoas hipertensas ou com diabete tem maiores chances de ter um rompimento

abraços  (+ info)

Há chances de cura para a ruptura de 1 aneurisma Cerebral?


Eu gostaria de saber quais as chances de cura para alguém que sofreu a roptura de um aneurisma cerebral. ( as lesões foram ao nível do cerebelo) A pessoa em questão tem 19 anos e está em coma profundo há 3 semanas. Gostaria também de saber se é significativo ela mexer-se ( a cabeça, os membros, o tronco) ou se n tem qualquer sifnificado sendo apenas movimentos reflexos.
Já agora, é normal uma pessoa em coma ter os olhos abertos?
Obrigada
----------

depende de vários fatores, principalmente a extensão da lesão. boa sorte.  (+ info)

Uma ultra sonografia detetou um pequeno aneurisma no septo intra auricular! Isso é grave?


Que cuidados devo ter e o que devo esperar`?

Será inevitável que o aneurisma aumente? E nesta localização se ele derramar terei morte certa?
----------

Puxa! Gostaria de te ajudar, mas não sei esta pegunta, Sei apenas que aneurisma é um caso grave. Procure diretamente um médico, não fique esperando uma solução da net. É sua saúde, sua vida e ninguém a ama mais que vc.
Beijos e se cuida!  (+ info)

Alguem sabe como passo a passo o alcool pode causar aneurisma?


Ou seja como ele age no organismo propiciando um aneurisma?
----------

nana , imaginemos.
Ontem eu fui a um bar, bebi demais e tenho grande dor de cabeça e estou de ressaca , quando essas coisas acontecem várias vezes por semana/mês o nosso corpo começa a habituar-se a esses catástrofes, ai ficamos com o aneurisma e o nosso cérebro passa a apanhar ressacas com mais facilidade e menos dor.
Ai você apanhou a doena e tem agora um rompismo cerebral, tenha cuidado se for esse o caso.  (+ info)

Qual a diferença entre fístula dural e aneurisma não roto?


Já sei que "não roto" é aquele que ainda não se rompeu. A pergunta continua a mesma.
----------

Aneurisma não roto é um aneurisma q não se rompeu (estourou).  (+ info)

È possível identificar um aneurisma se a pessoa apresentar vasos dilatados visíveis na testa?


Não, amiga. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. É até possível que essa pessoa tenha um aneurisma, mas os vasos dilatados na testa não provam nada. É necessário que se faça exames para verificar. Boa sorte.  (+ info)

Qual o exame adequado para diagnosticar ANEURISMA CEREBRAL?


Boa noite!Meus amigos,gostaria de saber qual o exame adequado para diagnosticar Aneurisma Cerebral,minha mãe vai na médica dela e eu gostaria que minha mãe fizesse todos os emaxes pq infelizmente ela fuma ''e parara de fumar já tentei mais ñ resolveu'',e exames ela aceita fazer...Muito Obrigada
----------

O exame padrão ouro para detecção de aneurisma cerebral não é a tomografia ou a ressonância magnética, e sim o cateterismo cerebral de 4 vasos (angiografia digital).  (+ info)

Quais os métodos mais usados para se diagnosticar um tumor benigno intracraniano?


Eu estou me referindo aos métodos não invasivos.
----------

Tomografia computadorizada .
Porém, diagnóstico preciso, apenas com biópsia.  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'aneurisma intracraniano'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.