FAQ - hipotonia muscular
(Powered by Yahoo! Answers)

Leve hipotonia muscular é necessariamente atraso cognitivo?


nao necessariamente
Ha doenças com quadro fisico(muscular) e cognitivo (pensamento,raciocinio,atençao etc)
Ha outras que so levem a perturbaçao motora
Outras so a alteraçoes da cogniçao
Depnde das areas cerebrais que envolvem.  (+ info)

HIPOTONIA MUSCULAR você conheçe alguma criança que tem ou teve?


gostaria que alguma mãe, que convive com isso me esclarecesse ou entrar em contato comigo,agradeço a colaboração!!
----------

Olá, Rosika

Veja isto:

O tônus em uma criança normal consiste em discreta tensão permanente do músculo, de tal maneira que os membros opõem ligeira resistência ao deslocamento, quando manuseados ou movimentados passivamente; em outras palavras, ele define o grau de resistência que se opõe à movimentação passiva.

Sob o ponto de vista clínico a hipotonia tem sido interpretada como sinal de diminuição da atividade nos circuitos reflexos, sendo esta decorrente de lesão do SNC.

Alguns lactentes apresentam acentuada hipotonia muscular ou flacidez, muitas vezes de caráter transitório, embora possa persistir sob a forma de fraqueza muscular e de “moleza” generalizada.

Podem inicialmente surgir dificuldades quanto ao diagnóstico diferencial entre a flacidez devida a uma lesão do SNC e a flacidez que acompanha outras afecções. A hipotonia é encontrada também nos prematuros e síndrome de Down.

No caso típico, a hipotonia manifesta-se por flacidez extrema quando se procura levantar o bebê, bem como pela sua incapacidade de produzir a força muscular necessária para movimentar os segmentos do corpo, sobretudo em oposição a gravidade.

O lactente assume muitas vezes uma posição típica mantendo os membros em abdução, flexão e rotação externa. A cabeça costuma cair para trás quando se procura levantar a criança para posição sentada. Em decúbito ventral pode faltar o desvio lateral da cabeça, destinado a proteger a criança do perigo de se asfixiar.

Quando segurado em posição sentada ou em pé, mostra-se freqüentemente incapaz de manter a cabeça e o tronco eretos; os membros inferiores podem fletir-se e entrar em colapso, quando a criança é segurada na posição em pé.

Os movimentos de espernear costumam estar ausentes ou ser muitos fracos. As dificuldades para beber e para alimentar-se podem ser devidas à incapacidade de produzir força muscular necessária para sucção e a deglutição eficazes.

Crianças com hipotonia congênita benigna exibem o distúrbio aos 9-12 meses com atraso dos marcos motores. São incapazes de sentar, engatinhar, ou rastejar, mas possuem boas habilidades verbais, sociais e manipulativas e uma aparecia inteligente. A força parece ser normal, e elas movimentam os braços e as pernas agilmente.

Contudo, elas apresentam retardo da cabeça, escorregam em suspensão ventral e redução do tônus passivo. A maioria das crianças se recupera e parece normal por volta dos 3 anos de idade.

Com freqüência, outros familiares exibiram um padrão de desenvolvimento semelhante.

Quando suspeitar:

· Altura bizarra ou não habitual;
· Diminuição da resistência a movimentação passiva das articulações;
· Aumento de amplitude dos movimentos;
· Redução da movimentação ativa;
· Observar a postura e a movimentação do lactente em decúbito dorsal, puxando-o pelos braços para fazê-lo sentar-se, verificar o controle da cabeça em suspensão ventral.

Escrito por:Patrícia Monteiro Guerra

No site indicado abaixo (fonte) tem outras informações, ok?

Espero ter contribuído  (+ info)

O que é hipotonia muscular?


Leve hipotonia muscular em crianças é necessariamente problemas de atraso cognitivo? Não é sindrome de down.
----------

é diminuição do tonus muscular (é a contração contínua, passiva e parcial dos músculos ).
é o que nos ajuda a manter a postura de qqr parte do corpo.,por ex no repouso.  (+ info)

Qual a quantidade e frequência que devo me alimentar de proteínas e carboidratos para hipertrofia muscular?


Eu teno 16 anos, faço musculação a 2 meses e tennho um corpo ligeiramente sarado. Gostaria de ganhar massa muscular através de uma alimentação saudável. Portanto, gostaria de saber a quantidade e freqûencia de alimentar-me de proteínas, vitaminas (frutas) e carboidratos para ter um exelente desempenho no ganho de massa muscular.
----------

Veja orientação profissional sobre o tema aqui:

O que comer antes e pós exercício físico?

http://personalrs.blogspot.com/2008/09/o-que-comer-antes-e-ps-exerccio-fsico.html  (+ info)

Sintomas como fraqueza muscular, sonolência e aumento de apetite poderiam caracterizar que tipo de doença?


Há cerca de 10 dias venho apresentando sintomas como fraqueza muscular, sonolência e aumento de apetite. Gostaria de saber se estes sintomas carazterizam alguma doença, sendo que não apresento nenhuma outra doença, tenho boa alimentação e saúde, não sou gorda, não fumo e tenho apenas apenas 27 anos.
----------

Dificil uma opinião com dados tão vagos. boa sorte./  (+ info)

Qual é o melhor suplemento para o ganho de massa muscular?


Qual é o melhor suplemento para o ganho de massa muscular, e que não tenha efeitos colaterais?

Qual desses doi é melhor:
Whey Protein Isolate
ou BCAA?
----------

Whey Protein...

é caro, mas é o melhor.  (+ info)

é verdade que a massa muscular de uma pessoa ao fazer 20 anos aumenta ?


é possivel uma pessoa magra aos 18 anos e aos 20 ter mais massa muscular sem frequentar academia
----------

olha só todo mundo tem massa muscular podendo ser magra ou gorda.

é uma mentira isso que só aos 20 anos.  (+ info)

Qual tempo é necessário para obter resultados de ganho de massa muscular na academia?


Eu gostaria de saber, pois estou na academia a 2 dias, e gostaria saber qual é o tempo para perceber ganhos de massa muscular.
----------

Tudo depende do seu organismio...
Tipo...tem meninas que sao muito magras pois nao tem tendencia para engordar(nao sei se eh o seu caso) tem que tomar suplemento alimentar e em pelo menos 3 meses da pra notar a diferença;  (+ info)

Gente é verdade que albumina ajuda a ganhar massa muscular?


Bom Dia pessoal, gostaria de saber se albumina é bom para ganhar massa muscular porque fasso muito exercício e não consigo ganhar massa muscular, gostaria de saber se algum de vcs já usou e quanto custa mais ou menos esse produto, porque queria comprar um hoje para mim...

Bjs e obrigada a todos...
----------

Oi... a albumina ajuda sim, aliada à musculação! Tome sempre à noite, duas colheres de sopa de albumina batida com leite ou iogurte e frutas!
A albumina é rica em proteína, e isso ajuda na reconstrução da fibra muscular, lesada durante o exercício físico! Mas já vou alertando, a ingestão de albumina dá um pouquinho de gases =)  (+ info)

Qual a alimentação perfeita para quem faz academia com o objetivo de aumentar a massa muscular?


Gostaria que me dessem sua opnião de como poderia ser a alimentação perfeita para que eu obtenha um aumento da massa muscular.
*faço academia 5 vezes por semana

Será escolhida como melhor resposta aquela que conter mais detalhes e expor passo a passo como deve ser essa alimentação, mostrando que alimento deve ser consumido em cada refeição.

Desde já o meu muito obrigado a todos!
----------

O ideal é ter um nutricionista te acompanhando, mas para quem quer ganhar massa muscular a alimentação deve ser rica em proteinas (para promover a Hipertrofia muscular) e carboidartos (para ter "energia" para malhar).
A dieta de um atleta que deseja aumentar a massa muscular deve ter um consumo de calorias aumentados e uma quantidade de proteínas um pouco acima do recomendado para indivíduos sedentários. A quantidade pode variar de 1,2g/Kg/dia à 2,0g/Kg/dia (ou mais) dependerá da modalidade, do período de treinamento e da intensidade. Esse aumento das necessidades pode ser justificado pelas perdas de proteína do músculo durante a atividade física.

A escolha das proteínas a serem usadas na alimentação é muito importante, elas devem suprir o organismo com todos os aminoácidos essenciais. As proteínas originadas de alimentos animais são as únicas que possuem em sua composição todos os aminoácidos essenciais.

Quando esta ingestão de proteínas é insuficiente, a proteína dos tecidos é quebrada em aminoácidos que são utilizados como combustível para as atividades. Uma vez que os aminoácidos são necessários para sintetizar novas proteínas, e que alguns são encontrados apenas na alimentação, um consumo adequado de proteínas é importante para atletas que desejam aumentar a massa muscular. Porém esse aumento não ocorre somente com um maior consumo de alimentos proteicos (carnes, leite, queijos, leguminosas). Sem estímulo do treinamento de força apropriado, os aminoácidos ingeridos em excesso serão convertidos e armazenados como gordura, não aumentando a massa muscular.

Outro papel das proteínas é a recuperação das fibras. Durante os exercícios as fibras são lesadas e as proteínas que serão responsáveis pela recuperação dessas fibras lesadas.

As calorias extras devem ser provenientes dos carboidratos que capacitará o músculo para executar intensos movimentos de contração muscular, sobrecarregando as fibras musculares que conseqüentemente, aumentarão de tamanho.

Realizar várias refeições ao dia, de preferência 4 a 5 e em cada uma conter alimentos esses alimentos ricos em carboidratos e proteínas, também é muito importante para o crescimento muscular.

O ideal é medir a gordura corporal regularmente para ter certeza de que o que está ganhando é realmente músculo e não gordura. Por isso, não dê tanta atenção para os números que a balança mostra. Perceba nas roupas e no espelho.

Dieta para Ganho de Massa Muscular

De jejum: 1 copo(200ml) de leite desnatado batido com 1 clara de ovo, 2 colheres de sopa de aveia e 1 fruta. 2 fatias de pão integral com requeijão ligth, quijo cottage ou queijo branco magro e 1 fatia de presunto magro ou peito de perú.

Lanche : 1 fruta 1 copo de iogurte natural

Almoço : 1 prato de salada crua (temperada com 1 colher de chá de azeitr, vinagre e sal) 4 colheres de sopa de legume cozido no vapor 6 colheres de sopa de arroz ou 3 batatas médias (mandioquinha) ou 2 mandiocas ou 6 colheres de sopa de milho verde. 1 concha de feijão ou lentilha ou 5 colheres de sopa de vagem, lentilha, grão de bico ou soja 2 bifes médios de carne de boi ou 1 porção de coxa e sobrecoxa de frango sem pele ou 2 bifes de peito de frango, peixe ou peito de perú ou 3 ovos cozidos, poché ou quentes 1 fruta

Lanche: 1 copo de suco de fruta (300ml) 1 pãozinho ou 2 fatias de pão de forma 1 fatia de queijo branco magro ou ricota ou requeijão light ou queijo cottage. 1 fatia de presunto magro ou peito de perú.

Jantar: 1 prato de salada crua (temperada com 1 colher de chá de azeite, vinagre e sal) 4 colheres de sopa de legume cozido no vapor 1 prato de mesa de macarrão com molho de tomate fresco 1 pedaço médio de carne magra (idem almoço) 1 fruta

Ceia: 1 copo de leite semi desnatado batido com 1 clara de ovo, 1 fruta e 2 colheres de sopa de cereal integral 4 torradas ou 4 bolachas tipo água e sal, maria ou maizena

Observação: Esta dieta fornece cerca de 3400 calorias e é indicada para um individuo moderamente ativo que pese em torno de 70 Kg. É importante um bom fracionamento da dieta, com intervalos de mais ou menos 3 horas entre as refeições; E que a quantidade de alimentos a serem ingeridos seja aumentada gradativamente, para aumentar a capacidade de armazenamento do estômago.

8 alimentos capazes de desenhar curvas SEN-SA-CIO-NAIS
Uma das mais recentes boas novas na área de nutrição, divulgadas pela Universidade de Connecticut, EUA, lista oito alimentos de peso para aumentar a massa muscular.
1 ovo (com gema): a proteína perfeita
Como forma músculos — O ovo é o alimento com o mais alto valor biológico — uma espécie de medida da quantidade de proteína que um alimento é capaz de fornecer ao corpo. É verdade que a proteína da carne é mais eficiente para a construção muscular. Mas a gema, além da proteína, contém a vitamina B12, necessária para diminuir os níveis de gordura e ajudar na contração muscular. Quantidade ideal — Consuma ovos com gema, sem medo, mas não fritos, porque cada um tem 120 calorias. Embora a gema ainda tenha a má fama de aumentar o teor de colesterol do sangue, é a maior fonte conhecida de colina, substância que ajuda a dissolver essa gordura nas artérias”, explica Tamara Mazaracki
2 iogurte: porção de ouro
Como forma músculos — “O iogurte tem aminoácidos essenciais em altas porcentagens”, diz o clínico geral Júlio Neves. “Esse alimento é decisivo no crescimento muscular, porque combina proteína e carboidrato em doses ideais.” Um copo fornece 10% da nossa necessidade diária de proteína. A versão com frutas é ainda melhor, porque aumenta os níveis de insulina, uma das chaves para reduzir a perda protéica que costuma acontecer após o exercício. “É uma boa fonte de cálcio, mineral importante para a contração muscular”, completa Tamara Mazaracki. Quantidade ideal — “Tome um ou dois potes de iogurte diariamente. “Sem açúcar ou adoçante é melhor, porque esses ingredientes diminuem a ação dos lactobacilos e também o teor de vitaminas do complexo B”, explica a nutróloga.
3 salmão: combustível do crescimento
Como forma músculos — Altamente protéico, tem grandes quantidades de ômega-3, uma gordura que ajuda na recuperação da massa muscular. “Devido à ação antiinflamatória, permite a assimilação de novas proteínas pelas fibras”, diz Tamara Mazaracki. Quantidade ideal — Consuma três vezes por semana, mas lembre-se: uma posta ou um filé médio de salmão tem 150 calorias. Para melhor aproveitar os nutrientes, prepare o peixe em baixa temperatura e evite cozinhar demais.
4 carne vermelha: rainha da creatina
Como forma músculos — Esse aminoácido é produzido no fígado e nos rins. Sem ele, não há energia. As carnes, principalmente a vermelha, são o alimento número 1 em quantidade de creatina, essencial para a construção muscular. Mais: contêm ferro, zinco, niacina (vitamina B3) e vitamina B12 — nutrientes cruciais para quem quer resultados. Quantidade ideal — A carne vermelha deve ser consumida de duas a três vezes por semana. Um bife médio de carne magra tem de 150 a 200 calorias e não compromete a dieta.

5 azeite de oliva: o líquido da energia como forma músculos
— A gordura monoinsaturada ômega-9 tem ação anticatabólica, ou seja, age contra inflamações, que provocam o desgaste e a fraqueza muscular. Quantidade ideal — Use de uma a duas colheres de sopa por dia, em saladas e também para cozinhar. Lembre-se, porém, de que cada colher conta 110 calorias. Olho vivo!

6 amêndoas: remédio para a massa muscular
Como formam músculos — Elas são uma das maiores fontes da vitamina E alfatocoferol, a forma mais bem absorvida pelo corpo e um potente antioxidante, que pode ajudar a prevenir os danos provocados pelos radicais livres após o treino. E quanto menos agressões praticadas pelos radicais livres, mais rapidamente seus músculos vão se recuperar. Quantidade ideal — “Consuma 15 unidades por dia, no lanche ou na salada”, sugere a nutróloga. “Já que dão saciedade, coma cinco amêndoas antes do almoço e outras cinco antes do jantar para aplacar a fome.”

7 água: um banho de força
Como forma músculos — Oitenta por cento da massa muscular é composta de água. Mesmo uma diminuição tão pequena quanto 2%, por transpiração ou falta de ingestão, pode prejudicar a perfomance. Um estudo realizado na Alemanha dá conta de que quanto mais desidratado seu corpo estiver, mais lentamente ele vai utilizar a proteína para construir músculos. “A perda excessiva de água reduz o consumo máximo de oxigênio, fator importante no desempenho físico”, explica Tamara Mazara-cki. “Um músculo com apenas 3% de desidratação, por exemplo, tem uma perda de 10% na força de contração e de 8% na velocidade de reação. Quando o músculo está desidratado, o cansaço chega rápido.” Mesmo em repouso durante 24 horas, você perde 1 litro de água — 400 ml pela respiração e 600 ml através da pele. Ao se exercitar, essa perda aumenta. Por isso, beba água antes, durante e depois do exercício. “O ideal é beber pequenos goles a cada 10 minutos”, aconselha a nutróloga. “Se você esperar ficar com a boca seca, seus músculos já estarão sofrendo com a falta de água”, completa. Segundo Júlio Neves, a glicose (um derivado do carboidrato também necessário para o ganho de massa muscular) só é incorporada ao músculo na presença de água. “Para cada grama de glicose armazenada no músculo e no fígado, são necessários 3 miligramas de água”, explica. Quantidade ideal — Varia de acordo com o clima e o treino. “Para saber se você está ingerindo o necessário, observe a cor da urina. Quanto mais clara, mais bem hidratado está o organismo”, ensina Júlio Neve  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'hipotonia muscular'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.