Elevação patológica da pressão intra-abdominal (mais que 12 mmHg). Pode se desenvolver como resultado de sepse, pancreatite, extravasamento por capilares, queimadura ou cirurgia. Quando a pressão for maior que 20 mmHg, frequentemente com distúrbio no órgão terminal, é denominada síndrome compartimental abdominal.



Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.