Epilepsia

Abdul Carimo Cassamo Isamel

Epilepsia

Mensagem por Abdul Carimo Cassamo Isamel »

Meu nome é Abdul Carimo, sou moçambicano, estando a residir em moçambique, tenho 30 anos.
desde criança tive tiques. na altura fui ao hospital e disseram que eram tiques nervosos. não recomendaram nenhum tratamento na altura.
meus tiques numca passaram, e numca foi no mesmo local. meus tique são migratorios. ja tive tiques de abanar a cabeça, depois de um tempo passam, ja tive tique de levantar a sobracelha, virando os olhos, e muito mais, neste momento tenho tique no braço direito. abano constantemente, de minuto a minuto o braço. fui ao hospital nos finais de 2007 e diagnosticaram epilepsia.

ate agora nao tive nenhum ataque de desmaios ou outro tipo de ataque forte.

enervo-me com muita facilidade, tenho muita ansiedade, nao tenho paciencia, tenho pouco sono,...

receitaram-me Trifluperazina 1 mg e carbamazipina.

ao tomar trifluperazina 1 mg meus tiques pararam, infelismente só consegui muito pouco comprimidos e em moçambique só temos de 5 mg. dividindo o de 5 mg nao dá nenhum efeito.

peço ajuda sobre a minha doença e como resolver o problema.

conversando com outros medicos que dizem ter lido sobre a epilepsia, nao acharam uma relaçao com epilepsia, pois os meus tiques sao de minuto a minuto e migratorios. nos manuais de medicina nao falam sobre tique migratorios.

concentrado-me para controlar meu tique no braço, e nao fazendo abanar o braço, um dos lugares do meu corpo abana.nao consigo controlar por completo.

quanto mais trabalho meus tiques são fortes e constantes.

meu email: [email protected]

agradeço pela atenção.

obrigado
cláudia

Re: Epilepsia

Mensagem por cláudia »

Tenho 25 anos, há mais ou menos 4 anos descobri q tinha epilepsia tipo ausências, embora anteriormente a esta idade já tivesse sintomas das ausências, masq passavam por distracção.
No entanto qnd começei os tratamentos foi complicado conseguir um fármaco q se adaptasse pois fiz alergia ao tegretol, á lamotrigina e também não me dei bem com o topiramato.O meu neurologista optou pelo ácido valpróico, embora não fosse este a primeira escolha, pois em mulheres em idade fértil não é o melhor por causa duma gravidez q possa ocorrer.
Agora estou a tomar o keppra para deixar o ácido valpróico, embora continue com dose reduzida do ácido valpróico.
No meu caso o sistema nervoso qnd anda mais alterado tenho mais crises, e por isso agora aumentei a dose de keppra e parece q melhorou.Já falei c médico s é posivel uma operação para assim deixar a medicação, mas ele diz q primeiro há q controlar as crises com a medicação e estudar mais detalhadamente o foco epiléptico.
Tenho pesquisado na net sobre isto e espero q a medicina evolua ainda mais e no fuuro seja posível uma cura definitiva.
mail:[email protected]
Responder

Voltar para “Epilepsia Do Lobo Temporal”